29 de fev de 2012

11. Hospital

( Liam )


Quando a mãe dela me disse que ela está em coma , eu por dentro , senti-me a morrer ,a minha melhor amiga , e mulher que eu gosto está em coma . Não , não chorei , apenas me sentei sem reacção física , e deixei-me estar ali . A tarde passara devagar . O Zayn estava lá dentro a ver a Anaísa , a mãe dela foi chamada às urgências , por isso não pôde ir vê-la .


( Zayn )


Fui ao quarto onde a Anaísa estava instalada , dei-lhe um beijo na testa. Mesmo estando como ela está , há sempre aquela estúpida esperança de que ela vai acordar agora .


( Soraya )


Estava em casa , impaciente para receber notícias , a esta hora ela já devia estar cá . Decidi ligar à minha mãe , pode ser que ela saiba de alguma coisa .


* Chamada On*


( Eu ): Mãe , já estiveste com a Anaísa ?
( Mãe ): Não , fui chamada às urgências , mas o namorado e outro amigo estão lá .- calculei que fosse o Liam.
( Eu ): Ah , e como está ela ?
( Mãe ): Hum .. em coma .-disse ela a hesitar.
( Eu ): Mãe .. -disse a chorar.- Vai sobreviver ela ?
( Mãe ): Claro que sim filha , o teu pai é o médico encarregue dela , ele vai acompanhá-la. Agora vai dormir que já é tarde .
( Eu ): Não vens cá ?
( Mãe ): Não posso .. o teu irmão ?
( Eu ): Esse já dorme , amanhã eu conto-lhe .
( Mãe ): Não chores , amor , ela vai ficar bem .


* Chamada off *


A minha irmã está em coma?! Uma das raparigas que mais amo neste mundo está em coma , e a culpa é toda minha . Precisava de alguém . Precisava do Louis , mas não quero estar  a chateá-lo a esta hora , afinal  de contas , só falo com ele desde ontem , e assim estaria a sufocá-lo com a minha tristeza . Os meus pensamentos foram interrompidos pelo som do meu telemóvel .


" Soraya linda , estás melhor ? Lou xx."


" Tendo em conta que a minha irmã está em coma .."


" O quê?! Estás bem ?! "


" Não ..." 


" Gostava muito de estar aí contigo para te abraçar , mas não posso :x , e tenho de ir dormir , por isso até amanhã dorme bem :)"


" Também gostava . Até amanhã ."


Liguei o despertador , e pus-me debaixo dos lençóis tentando não me lembrar de tudo o que se passou hoje .




( Louis )


Tenho pena da Soraya , ela não merece , mas tenho mais pena da Anaísa , se eu apanhasse esses gajos , o Liam , o Zayn e eu desfazíamos-os todos ! Espera ! O Liam e o Zayn! Como estarão eles ?! Amanhã descubro , que o sono já se apodera de mim .




( Zayn )


Tinha de ir para as aulas , infelizmente , preferia estar no hospital a ver se ela recuperava, mas tinha de ir para a aula . O Liam  mal me viu veio ter comigo com uma cara estranha .


( Liam ): Precisamos de falar .
( Eu ): Diz. 
( Liam ): Provavelmente vais chatear-te comigo, mas eu não aguento esconder-te mais isto , és um dos meus melhores amigos , e tens de saber .
( Eu ): Liam , diz , anda .
( Liam ): Eu gosto da Anaísa , desde que a vi pela primeira vez .
( Eu ): Isso explica a tua reacção quando nós anunciámos que namoramos .
( Liam ): Sim , desculpa.
( Eu ): Não me vou chatear contigo , porque assim como eu , tu não tens culpa de gostar dela , mas eu e ela não vamos estar "separados" - fiz mesmo o gesto com as mãos .- porque tu gostas dela .
( Liam ): Não te pedi isso , só te queria mesmo contar .
( Eu ): Na boa , mano . Vamos que já tocou .


( Anaísa )


Onde estou eu ? Aiii , doí-me tanto a cabeça .Encontro-me num quarto branco , ligada a máquinas não sei porque motivo . Ah , um senhor entrou , espera , é o meu pai .


( Pai ): Anaísa?! Anaísa , filha !- disse ele dando-me um forte abraço.
( Anaísa ): Pai , para ! Estou com enormes dores . Porque estou aqui ?
( Pai ): Estavas em coma ..
( Anaísa ): Desde quando ?
( Pai ): Desde ontem , levaste um tiro ao pé do coração ...
( Anaísa ): Já me lembro ..-disse pondo a mão na cabeça , graças às enormes dores , não que isso fizesse com que deixasse de doer , mas uma pessoa tem esse hábito .
( Pai ): Mas já acordaste! Estou tão feliz !  Vou já telefonar à tua mãe .


Ele afastou-se para telefonar à minha mãe , e no meio da conversa dava alguns saltos de alegria .


( Pai ): Ela já vem aí .-disse com um enorme sorriso .
( Eu ): Bom , mas tenho fome ..
( Pai ): Eu vou ali ao enfermeiro para te dar alguma coisa de comer , não demoro .
( Eu ): Ok .


Quando ele se afastou , fiz um esforço enorme para me lembrar de tudo o que se passou ,mas só me lembro de um sapato , metal , um barulho estranho , Pedro amarrado .. Será que eles estão bem? O Zayn ! Será que ele já sabe ? Oh , claro que sim , com a minha irmã , tudo se sabe rapidamente . É uma beata . Estava cheia de fome , e o comer ainda não veio aí , mas veio a minha mãe , que mal entrou no quarto abraçou-me como se não houvesse amanhã .


( Eu ): Mãe! Estou com dores , não me sufoques .
( Mãe ): Desculpa filha , mas fiquei tão assustada .. O teu pai?
( Eu ): Foi arranjar-me de comer. Olha , preciso de falar com o Zayn , alguém já lhe disse. 
( Mãe ): Foi ele próprio que te trouxe ao hospital , estava deveras assustado , depois veio cá um rapaz , Liam era o nome dele , se não me engano.
( Eu ): Ah , e a Soraya e o Pedro , como estão?
( Mãe ): Agora vão ficar bem , estavam só um pouco preocupados , mas já sabes que como tu , a tua irmã não gosta de hospitais , e o Pedro , não quis vir ver-te neste estado .
( Eu ): Pois , não gosto mesmo nada disto , por isso quando saio ?
( Mãe ): Já vi que se te derem o dedo , queres o braço logo todo. Tem calma , vais fazer alguns exames , e depois , se estiver tudo bem , amanhã já estás na escola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário