29 de mai de 2012

Desde já, quero pedir desculpa pela minha ausência. Esta semana vai ser difícil, porque ontem participei num teatro, amanhã tenho teste e Quinta e Sexta também. As aulas estão quase a acabar ( pelo menos para mim, que estou no 9º) e no Verão irei publicar mais vezes, obviamente.
Amanhã devo postar na Same Mistakes que é sempre a mais fácil de actualizar, visto que é aquela que não é preciso mais vocabulário, é mesmo suposto ser uma fic " trenga ". Espero mesmo que compreendam :D
Os One Direction já têm tumblr onedirection.tumblr.com e eles reblogam cenas nossas. Eu como não tenho tumblr ... Ando mais numa de twitter :D
Como podem ver, tenho lá em baixo uma pequena sondagemzinha. Agradecia que votassem nela, para eu começar a escrever o próximo capítulo.
Neste post, deixem as vossas dúvidas que têm sobre eles e conselhos. Se quiserem, podem dar a vossa opinião da fic. Só assim é que coloco o capítulo! x

27 de mai de 2012

One Shot - Maria

Leiam isto primeiro. Acho que este foi o meu pior One Shot, mas é que não tenho mesmo jeito para escrever. Espero que gostem, especialmente tu, Maria.
Respondam à sondagem lá em baixo!


( Maria )

Hoje iria ser o melhor dia da minha vida! Iria finalmente ao concerto dos One Direction, aqueles cinco rapazes que me conquistaram o coração. Estava tão entusiasmada que não sabia o que fazer. Parecia que os minutos que faltavam para chegar lá, eram eternidades.

( Mãe ): Olha, liga-me mal o concerto acabe. E vê lá se não fazes nenhuma loucura. Não quero que apareças nos jornais ou no Youtube como a rapariga louca da noite.

( Maria ): Não te preocupes, mãe. Acho que me consigo controlar perante esta linda situação. - disse, abrindo a porta do carro. - Até logo. - ela disse o mesmo e segiu o seu caminho. Antes de entrar, fiquei a contemplar o sítio do concerto com imensas fãs vestidas como eles e com imensos cartazes. Eu não estava assim. Já se ouvia os gritos. Tive um bocado de dificuldade em ir para o meu lugar, que era mesmo à frente do palco.

                                                                                  *****

( Liam ): O concerto ainda não acabou!

( Niall ): Falta uma música, que vocês tão bem conhecem.

( Louis ): O nosso primeiro single, What Makes You Beautiful! - as fãs gritaram mais agora do que antes. Quase que ficava surda ... Eles ainda eram melhores ao vivo. Ai, o meu Harold. Que vontade tinha de lhe tocar nos caracóis. O Zayn desceu do palco, um pouco antes do solo do Harry. Todas gritaram. Ele agarrou-me na mão e apenas disse " Anda comigo. ". Subiu as escadas que tinha junto ao palco e pôs-me ao pé do Harry que me abraçou e começou a cantar o seu solo. Era desta que morria. Sentia a sua respiração muito perto da minha. Estava a viver um sonho! Fiquei lá até o concerto actuar. Parecia um louca ali especada a olhar para eles, mas não estava a contar com isto. Quando foram para os bastidores, eu ia a descer as escadas para me ir embora. - Espera. - disse-me.- Anda connosco. - deu-me a mão e lá fomos.

( Harry ): Ah, é a rapariga da canção. - disse, mal viu que eu tinha ido com eles para os bastidores. - Então, gostaste do concerto?

( Maria ): Sim, gostei, bastante! - estava super vermelha. - Estou a tentar não gritar . - riram-se todos.

( Zayn ): Isso acontece muitas vezes. - disse, sentando-se.-  Toma, é para ti. - disse, dando-me um papel com uma foto autografada deles.

( Maria ): Obrigada, a sério! - olhei para o relógio. - Já se faz tarde, tenho mesmo de ir. - lamentei-me. - A minha mãe mata-me se me atraso.

( Liam ): Se quiseres, o Paul leva-te.

( Maria ): O P .. Paul? - perguntei, hesitando.

( Harry ): Não, eu próprio levo-te!  - disse, vindo ter comigo. - Vamos? - assenti com a cabeça.

                                                                   *****
( Harry ): Estás entregue! - disse, mal chegámos a minha casa. - Obrigada por não teres gritado este tempo todo.

( Maria ): Pois, está a ser bastante difícil. Não é todos os dias que o meu ídolo me tráz a casa. - ele sorriu. - Obrigada, Harry. - disse, já saíndo. - ele voltou a sorrir e seguiu o seu caminho.
                                                                        *****
Depois daquela maravilhosa noite, nem consegui dormir com tanto entusiamo. Nunca pensei que isto alguma vez fosse acontecer. Ainda bem que não é um sonho.

( Mãe ): Maria! Vai ao pão, rapariga! - disse-me do fundo das escadas. Peguei na mala, telemóvel e fui comprar o pão. Ao vir da padaria choquei contra alguém, deixando cair o telemóvel e tudo o que transportava na mala.

( X ): Desculpa, desculpa! - disse, apanhando as coisas. - Aqui está. - disse, dando-me o que apanhou. Conheci a pessoa antes de olhar para ela.

( Maria ): Obrigada, Harry! - disse, dando-lhe a perceber que o tinha reconhecido.

( Harry ): Tu outra vez? - perguntou, surpreendido. - Por esta é que não esperava.

( Maria ): Fui comprar pão. - disse, à medida que ia guardando as coisas na mala.

( Harry ): Ah, eu vim tomar o pequeno almoço. - sorri. - Queres vir comigo ? - choquei-me com tal pedido. - Queres?

( Maria ): Sim, claro. Vamos. - tentei parecer normal. Diverti-me bastante com ele, para além de ser um óptimo ídolo, é uma excelente pessoa. Estava a viver um sonho.
                                                                            *****
Passaram-se dois meses.Eles regressavam amanhã da tour. Todos os dias falava com Harry, tinha ficado muito amiga dele. Ele era fantástico, assim como os outros restantes membros da banda. Estava cheia de saudades deles, que parecia uma eternidade o tempo que faltava até amanhã. Decidi ir dar uma volta, para não me desanimar ainda mais. Liguei o meu Ipod e comecei a descer as músicas enquanto ouvia músicas. Do nada, só ouço alguém a dizer " Cuidado" e quando olhei para o lado já foi tarde de mais.

( Harry )
Finalmente voltámos da espantosa tour que nos levou dois meses. Estava cheio de saudades da Maria. Ela tinha-se tornado muito especial, demasiado especial. Hoje ia declarar-me a ela. Estava deveras nervoso.

( Louis ): Calma, Harry. Nota-se a léguas que ela está completamente apaixonada por ti. Não te dará uma tampa.

( Harry ): Ai Louis, não me deixes nervoso! - disse. - Ah, chegámos! - disse, quando o avião chegou a Londres. Milhares de fãs esperavam-nos, mas tinha algo um pouco mais importante para fazer. Entrei pelas portas das traseiras e chamei um táxi. Estavam sempre lá alguns. Disse-lhe a rua e ele apressou-se a chegar lá. Foi a mãe que me abriu a porta. Estava a chorar o que me assustou de imediato. - A senhora está bem ? Aconteceu alguma coisa  à Maria? - ela não me respondia. Abraçou-se a mim com imensa força. Estava cada vez mais assutado. - A Maria?

( Harry ): A Maria morreu, Harry. Foi atropelada e não sobreviveu. - disse, sempre a chorar. O meu mundo caiu nesse momento. Lágrimas que foram rapidamente formadas, caíam por toda a minha face. Uma enorme raiva se apoderou de mim. " Porquê?" era o que me ecoava na cabeça.
                                                                         
                                                                    *****

( Harry ): Hoje era o aniversário da Maria, uma amiga minha. Infelizmente ela já não está aqui connosco. Peço a todos aqui presentes que nos acompanhem enquanto lhe cantamos os parabéns. - pedi no concerto. Happy Birthday to You,Happy Birthday to You,Happy Birthday Dear Maria, Happy Birthday To You. - cantei, juntamente com as fãs.

A MÃE DO NIALL SEGUE!


SONDAGEM LÁ EM BAIXO !

26 de mai de 2012

7. O que as insónias podem fazer.


Este capítulo está mesmo muito pequeno e não gostei do que escrevi. Maria, vou já escrever o teu One Shot :) Ah, e já agora, querem que a Lara fique com quem ? Louis ou Zayn?



( Lara )
O sono parece que decidiu ter um dia de folga. Não conseguia dormir. Recordações de há dois anos atormentavam-me a vida. Não consigo bem definir o que sinto pelo Zayn. Lembro-me de sentir o seu perfume sempre que me abraçava, lembro-me de ele me beijar e parecer que era a primeira vez que ele o fazia, porque me despertava sempre novas sensações nunca antes sentidas. Sentia-me tão bem. Saí do quarto para ir beber água. Desci em passos de bailarina para ninguém me ouvir. Mal cheguei vi alguém sentado com uma chávena, provavelmente café. Era o Zayn. Ainda pensei em voltar para o quarto, mas algo mais forte " obrigou-me" a seguir para a cozinha. Senti o seu olhar sobre mim, mas não o olhei. Peguei no copo, e ia rapidamente sair, mas ouvi o meu nome. Virei-me para trás e vi o Zayn já levantado.

( Zayn ): Fica. - disse, hesitando. - Fica aqui comigo.

( Lara ): Porquê? - perguntei, após algum silêncio.

( Zayn ): Acho que precisamos de falar. - disse. - Senta-te. - assim o fiz, não me perguntem porquê. - Posso perguntar-te uma coisa?

( Lara ): Se é para falares daquilo, esquece. - disse.

( Zayn ): Não, não é isso. - fez uma enorme pausa. - Há alguma coisa entre ti e o Louis? - eu baixei a cabeça. Não estava preparada para responder a tal pergunta. - Há? - ele parecia desesperado.

( Lara ): Não, não há. - esclareci. - Mas não quero falar contigo sobre isto, Zayn. - levantei-me.

( Zayn ): Alguma vez pensaste se aquele rapaz que tu deixaste há dois anos ainda gosta de ti? - não, não queria que isto viesse ao de cima. - Já lhe perguntaste se ele te perdoou e quer voltar a estar contigo outra vez? Voltar a sentir os teus beijos, os teus abraços. Talvez ainda sejas o motivo pelo qual ele sorri.

( Lara ): Não penso tal coisa, já sei a resposta. Sei que ele não me perdoou, que ainda está magoado comigo. - nem sei como é que consegui falar.

( Zayn ): E não tens saudades de estar com eles todos os dias? Serem felizes? Eu tenho a certeza que ele ainda gosta muito de ti. - senti lágrimas a formarem-se nos meus olhos. - Não gostas dele?

( Lara ): Sim, gosto. - disse, honestamente. Apercebi-me que ainda gostava dele com isto tudo. - Mas não sei se está preparado para me perdoar. E além disso, não o quero magoar outra vez, sem querer.

( Zayn ): Acho que se nunca arriscares, não saberás se podes voltar ou não a ser feliz.

( Lara ): E se não o conseguir ser? Além de se magoar ele, magoo-me eu. Não quero isso.

( Zayn ): Prometo-te que ele não te fará sofrer, conheço-o bem. - disse, vindo ter comigo.

( Lara ): Não me faças isto, Zayn. - disse, já a chorar. - Não estou preparada. - ele abraçou-me. Senti de novo o seu perfume que eu sempre adorei.

( Zayn ): Ele continua a gostar mesmo muito de ti. - disse, sem nunca me largar. - eram nestes momentos que me arrependo de tudo o que fiz.
Sei que tinha de fazer One Shot a mais alguém . Quem é ? Por favor comentem para saber.

25 de mai de 2012

NEWS.

1 - Lembram-se do vídeo que eu falei que tinha feito com a Soraya? Alguém o quer ver?
2 - Hoje, sendo sexta, vou escrever em todas as fic's.
3 - O Liam disse que as fãs portuguesas os apoiam muito e que vão fazer-nos uma surpresa :D

23 de mai de 2012

POR FAVOR.

POR FAVOR CLIQUEM NESTE LINK. DEMORA APENAS UM SEGUNDO. POR FAVOR! http://www.q102.com/common/shareme/index.php?linkid=hke6i7dnvzptcs0n5avd22rkib

Ah, nada de mais , é só que ...

 
                              O PRIMO DO ZAYN SEGUE-ME NO TWITTER! *-*

Perdon.


 Desculpem, mas hoje não vai dar para postar o capítulo nesta fic, nem na " Harry, I love you.". Peço imensa desculpa, mas estou pouco inspirada e recebi o teste intermédio de matemática que me deixou ainda pior. Amanhã vou ter teste de Química ( O ÚLTIMO DA MINHA VIDA!) e vou ver se quando chegar a casa consigo actualizar tudo.
Já viram as fotos do Zayn e da Perrie? Parte-se-me o coração. Chorei tanto , como sabem o Zayn é o meu favorito :/, mas pronto, eu apoio a relação dele.
Divirtam-se com  a " paródia " da música da Arvil pelo Harry, El
e Louis.

20 de mai de 2012

19 de mai de 2012

6. A mentira.


( Lara ): Não se passa nada. É só que o Zayn é parecido a um rapaz da minha escola lá em Portugal e faz-me um pouco de confusão. Só isso. – disse, mentindo. Pelos vistos não teve coragem para contar a verdade.

( Louis ): Só isso?  - ele parecia ter-se convencido. – Eu ainda pensei que vocês tinham namorado ou isso. Ahaha, mania a minha de pensar o que não devo. – eu olhava para ela, mas ela não se atrevia a olhar para mim.

( Lara ): Namorado? – perguntou, soltando uma gargalhada depois.- Nada disso, Louis. – ela levantou-se. – Vou lá para cima. Até já.

( Louis ): Até já. – disse, enquanto ela estava a sair da cozinha. – Ela é fantástica, não achas? – ­perguntou-me assim que ela saiu.

( Zayn ): Fantástica como ? – não estava a perceber.

( Louis ): Sei lá .. sinto-me tão bem quando estou com ela. Como nos velhos tempos. Ai amigo, acho que me estou a apaixonar. – essas palavras atravessaram o meu coração como facas. Ouvir um dos meus melhores amigos a dizer que gosta da rapariga pela qual eu sofro há dois anos é bastante doloroso.­

( Zayn ): Pois. Fico feliz por ti. – eu não aguentava ouvir mais aquilo. – Vou para o quarto, até amanhã.  – saí da cozinha e subi para o meu quarto. Não acredito no que estava a acontecer. Só podem estar  a gozar.

( Louis )

Fico mais descansado que não se passa nada entre aqueles dois. Acho mesmo que me estou a apaixonar pela Lara. Foi aquela paixão de criança que nunca se esquece … Depois do Zayn se ter indo embora eu subi e fui ao quarto da Diana onde se encontrava ela e o Harry a falar.

( Louis ): Posso? – perguntei, abrindo um pouco a porta de forma que vissem que era eu.

( Diana ): Claro, entra primo !

( Louis ): Estás melhor ? – perguntei, dando-lhe um beijo na testa.

( Harry ): Claro que está. Com Harry Styles tudo melhora, tudo. – ri-me com a sua afirmação.- Estás a rir-te do quê? Até parece que não é verdade. – eu apenas revirei o olhar. – Mas queres alguma coisa?

( Louis ): Vim só ver se ela estava melhor. – sentei-me na cama da Lara. – Onde está a Lara ?

( Diana ): Não sei. Nós acordámos há pouco. Deve estar no quarto do Zayn a falar sobre o que acontec … - ela de imediato parou de falar.

( Louis ): A falar? Sobre o quê?

( Harry ): O que ela quis dizer é que deve estar no quarto dele a falarem sobre coisas aleatórias. Mas porque a procuras tanto?

( Louis ): Oh, sei lá. Parece que me estou a apaixonar por ela novamente. Ela é espetacular. – senti um enorme a formar-se.

( Diana ): Oh não. – ela parecia preocupada com esta declaração. – Não te apaixones.

( Louis ): Ah ? Porquê?

( Harry ): Temos que te contar uma coisa. Mas promete que não fazes uma loucura, Louis. – eles estavam a preocupar-me. Prometes?! – eu assenti com a cabeça.- Ela e o Zayn foram … - ele foi interrompido porque alguém entrou no quarto. Era ela.

( Lara ): Ai vocês já acordaram? Vá, Diana tens de descansar. – disse, tapando a Diana com os lençóis. – Harry, agradeço que tenhas ficado aqui, mas calculo que também precisas de dormir assim como tu Louis.

( Louis ): Pronto, pronto, já vamos. – disse, levantando-me com o Harry. – Até amanhã, bonecas. – disse, já na porta.

( Diana e Lara ): Até amanhã.

( Inês ): Olá Louis! – disse-me vindo ter comigo. – Não devias estar a dormir?

( Harry ): Bem, eu vou para o quarto. Até amanhã. – disse, seguindo caminho.

( Louis ): Até amanhã. – disse ao Harry. – E olá Inês. Ainda não tenho sono.

( Inês ): Nem eu. Podias vir para o meu quarto, jogávamos a alguma coisa. O Niall e a Chana ainda não chegaram e não me apetece estar sozinha.

( Louis ): Sim, vamos então. – disse, com um pequeno sorriso.

Sei que está pequeno, mas é que o outro foi bastante grande por isso .. e além disso, eu tinha escrito um capítulo lindo, mas apaguei-o -.-

Mais respostas.

1- Qual foi a primeira musica que ouviste deles?
Mesmo mesmo deles foi a WMYB.

 2- Qual foi o momento na carreira deles que mais te emocionou até hoje?
Quando ganharam os Brits :o

 3- Tens alguma parte do teu passado que gostarias de esquecer ou que nunca tivesse existido?
Infelizmente sim.



 4- A Inglaterra e a Irlanda diziam-te alguma coisa antes de conheceres os nosso meninos?
Inglaterra sim, Irlanda não ahah :)


 5- Qual é o teu rapaz de sonho? É parecido com algum membro da banda?
O rapaz de quem gosto. Por acaso é parecido ao Zayn xD



6-Ao ver uma das respostas fiquei confusa. Como assim o Zayn nao sabe se namora com a Perrie (e aproveitando a ideia de outro leitor podes por uma fota dela?) ps: espero que postes hoje :)

Eu disse que ainda não se sabia se ele namora com ela. E aqui está a foto dela.
Estou a acrescentar coisas ao capítulo para ele ficar bem, aha :) xx



7-Qual é o teu signo?


Sagitário :) 

RESPOSTAS :D

Agora já tive mais perguntas : D


1. És de onde?! 


Chaves :D


2. Como é que descobrist os nossos meninos?


Eu tenho o canal onde dá o X Factor e sempre adorei ver o programa e depois apareceram eles.

3. 
O que mais gostas em cada um dos 1D?


Liam - Ele é mesmo querido para as fãs.
Louis - É bastante engraçado.
Zayn - No Zayn gosto bastante dos casacos, ahah.
Harry - Ele é " engraçado " com algumas fãs.
Niall - Não é como a maior parte dos rapazes da idade dele que só querem curtir com as gajas e assim.



4 - Tens namorado? Se não, gostas de alguém? (Não precisas de dar nome se não quiseres :p).
Sim, gosto.


5 - Onde é que moras?
Chaves .


6 - Tens alguma fic preferida das que lês de outras pessoas? Qual?

Sim, tenho! A minha fic favorita é a da Liis, porque um simples respirar não chega.


7- Quantas perguntas serão precisas para tu postares o capitulo hoje? É que eu adoro a tua fic e queria que postasses o mais rápido possível.


Eu irei postá-lo daqui a nada :)


8 . Qual o teu género de música favorita? Cantor/a banda favorita? Bem, axo q band ja tenh a respost mas...


Pop, ahah. A minha cantora favorita é a Demi Lovato e a banda é os One Direction.


9.  Ator/ Atriz favorita?

Jessica Alba e não tenho actor favorito xd

10. - Como é que tiveste a ideia de começar a escrever fic's?

Eu já lia umas fics, e decidi experimentar.

11. O k axas das Directionators? (não tenh a cetexa s e assim k se eskreve xD)

Depende das Directionators. A maioria é irritante.

12. Qual é o teu membro favorito? 

Zayn e Louis. ATENÇÃO, GOSTO DE TODOS.

13. Se pudesses passar um dia com um dos rapazes, e só com um, qual escolherias?

O Liam, sem dúvida.

14.  Gostaste do episódio do iCarly em que os One Direction apareceram?

Sim, execpto da parte em que a amiga da Carly ( não me lembro do nome o.o ) " raptou" o Zayn.

15. Qual é a tua musica preferida deles?

I wish e More Than This.

16. Quando é que ouviste falar deles pela primeira vez?

Em 2010, no X Factor.

17. Qual foi a primeira música que ouviste dos 1D? Gostaste logo ao principio?

A primeira música mesmo mesmo deles ( sem ser de outras pessoas ) foi mesmo a WMYB . Eu já gostava deles quando eles entraram no X Factor.

18.  Tens outras bandas de que gostes?

Sim, claro. Coldpay, Guns N' Roses, LMFAO, JLS ...
 
19.Tens uma melhor amiga? Se sim, ela também gosta dos One Direction?

Sim, tenho. Sim, ela gosta, ahah :)

20. Qual foi o membro que primeiro seguiste no twitter?

O Liam .

21. Tens 15 anos, certo? Se andas no 10º ano,em que curso é que andas? Se não andares, qual é que vais escolher?

Sim, tenho. Ano no 9º porque reprovei. Para o ano escolho letras.

22. Já pensaste em ir para o Reino Unido quando fores mais velha? Se não, vais para outro país?

Eu iria para o Reino Unido se fosse para Artes. No verão vou tentar ir lá.

23. 
Não me vais matar por ter feito tantas perguntas, pois nao? É que eu realmente quero o capitulo, e além do mais, tive uma espécie de chuva de perguntas, que resolvi usar :p

Ahaha, não. xx 

Respostas.

Mais uma vez só tive duas perguntas e tipo, não vou postar o capítulo tão cedo. Vou fazer um Question Times agora que irá durar até às 18. Se não perguntarem só posto o capítulo sexta.

1. Todos os membros da banda tem namorada? Os que tiverem podes por foto delas?


Não :) Só o Liam e o Louis é que têm. O Niall e o Harry estão solteiros e o Zayn não se sabe se namora com a Perrie.


                                                 Danielle ( Liam ) e Eleanor ( Louis )


2 - Olá, eu sei que isto vai parecer estranho mas sabes falar ingles? Se sim como? É que eu adorava falar ingles e apesar de ter aulas na escola, nao consigo perceber nada. Se sabes como é que aprendeste (ok isto esta um pouco estranho mas -.-


Olá. Sim, sei, desde muito nova mesmo. É óbvio que a escola ajuda, mas eu aprendi Inglês mais vendo filmes ou ouvindo músicas . 

P.S. O questions time acaba às 15 :)

E ase vocês não fizerem muitas perguntas, não posto o capítulo, até agora só tenho 2 perguntas :( xx

QUESTIONS TIME.

E aqui estou mais uma vez para o Questions Time.
Podem perguntar o que quiseres, sobre mim, a fic, os 1D ou até mesmo conselhos.
Hoje quero mesmo muitas questões se não, não publico o capítulo que já está mais que escrito :) x

E a Emma twettou mais vezes :)

P.s. : Não liguem ao Ruben.
O capítulo será postado dentro de um bocado.

18 de mai de 2012

ONE SHOT. - NOKAS.

( Inês )
Tinha feito a audição para este programa, o x-factor, já em Abril. Sempre adorei cantar e, modestia à parte, eu mesma sei que tenho talento para a coisa. Decidi entrar a solo, para ver se conseguia seguir uma carreira individual. Fico bastante contente por ter passado a audição e o bootcamp iria já ser amanhã. Iria arriscar a minha voz com a música " Mercedes Benz" da Janis Joplin. Provavelmente não iria conseguir, mas decidi tentar na mesma. " Quem não arrisca não petisca",certo?
                                                                          ****
Conheci uns rapazes aqui no programa. Criaram uma banda que se intitula de " One Direction". Tenho de confessar que cantam mesmo bem. Já são finalistas do programa, assim como eu. Não queria " competir" contra eles. Passo-me a explicar. Há um rapaz lá no grupo, um tal de Liam. O rapaz não me sai da cabeça desde o primeiro dia que o vi no bootcamp. O problema é que apenas trocamos uns míseros " olá" e " chau". Ele tinha o sorriso mais doce que eu alguma vez tinha visto na vida. Os seus olhos eram cor de avelã.  É por isso que não quero competir contra eles, mesmo que ele nem saiba que eu existo.
( Liam ): Desculpa. - disse, depois de me ter dando um emporrão. - Foi sem querer, estás bem? - demorei algum tempo a responder.

( Inês ): Sim, estou. Não te preocupes. - tentei não dar muito nas vistas.

( Liam ): Ainda bem. Não queria que te magoasses. - disse, sorrindo. - Bem, vou indo para os ensaios, se não te vir até amanhã ... boa sorte para a final!

( Inês ): Obrigada, Liam! Mas acho que vocês merecem ganhar. São excelentes ! - estava a tremer um pouco devido ao nervosismo.

( Liam ): Obrigado. Tenho mesmo de ir, Inês. - disse, olhando para o relógio. Pelo menos sabe o meu nome. - Gostei de falar contigo, mais uma vez. - disse, afastando-se de mim.
Aquelas borboletas sobre as quais muita gente fala finalmente se encontravam em mim. O amor é uma sensação ótima, ou talvez não.
                                                                ****

( Apresentador ): Em terceiro lugar temos ... - abriu o envelope. - Os One Direction! - mais de metade da plateia que lá estavam batiam palmas para eles. Acho mesmo que entre eles, eu e a Cher, eles deviam ter ganho.  Ouvia os rapazes a dizerem " Já é bom, meninos." e a abraçarem-se uns aos outros. - Em segundo lugar .... - fez a típica pausa dramática. - Inês Azevedo. - fiquei imensamente feliz. Já se sabia que a Cher iria ficar em primeiro, visto que os restantes lugares já estavam ocupados.

( Liam ): Parabéns! Tu mereces. Tens uma voz incrível! - disse, abraçando-me. Não queria que aquele abraço acabasse. - Estou mesmo feliz por ti.

( Inês ): Obrigada, Liam! Tenho pena que apenas tenham ficado no último lugar, mas isto é só o iníco da vossa linda carreira.

( Liam ) : Já fizeste as malas? - disse, mudando de assunto. - É que eu e os rapazes já as fizemos e agora vamos ao McDonald's jantar e estava a pensar que podias vir connosco.

( Inês ): Sim, com os nervos até fiz tudo mais cedo. E obrigada pelo convite. Vou aceitar. - disse, com um enorme sorrido. Era a nossa primeira " saída".

( Liam ): Fico feliz, então.
                                                                ****
Depois dessa noite ficámos muito amigos. Falamos todos os dias e cada vez gosto mais dele. Os outros rapazes da banda também eram simpáticos, mesmo muito. O problema é que agora eles têm imensos concertos, assim como eu e raramente podemos estar juntos, mas sempre que posso, vou aos concertos deles, ouvir a voz de anjo do Liam.  Hoje tinha um concerto. Os bilhetes para este esgotaram em poucos segundos, o que é fantástico. Estava tão nervosa. Agarrava fortemente no fio da sorte que o Liam me deu há uns dias atrás. Mal subi para o palco ouvi a enorme multidão a gritar pelo meu nome e a bater palmas. Adorava esta vida.  Mal acabei o concerto, ainda estive a tirar fotos com alguns fãs e segui de imediato para os bastidores, para trocar de roupa. Além de ver o meu reflexo, vi o do Liam também, virando-me completamente para ver se era só fruto da minha imaginação.
( Inês ): Que estás aqui a fazer? - disse, levantando-me de imediato da cadeira.

( Liam ): Vim ver o teu concerto. Achas mesmo que ia faltar? - disse abraçando-se a mim. - Foste espetacular, Nês. - deu-me um beijo na bochecha. - Mas quero tornar esta noite ainda melhor! - esta ideia " assustou-me ".

( Inês ): Não estou a perceber. - disse, surpreendida.

( Liam ): Amo-te. - disse, dando-me de seguida um beijo. Finalmente a única palavra que eu mais desejava ouvir dele, saiu e foi dirigida a mim. - Aceitas namorar comigo ? - eu estava sem reação. Apenas o beijei.

( Inês ): Isso dá para responder? - disse, colando a minha testa à dele. Sou agora uma das raparigas mais felizes no mundo.
                     
Não gostei muito do que escrevi mas espero que tu gostes! x

TÊM DE VER ESTE LINDO BLOG!

http://ilove-u-darling.blogspot.pt/ 
QUEM QUER O NOVO CAPÍTULO HOJE ? :D

15 de mai de 2012

5. Conta.


(Diana): O meu telemóvel está a tocar.- disse-me sem se mexer, nesse momento já as mãos dela se encontravam nos meus ombros.
(Harry): Deixa isso agora.- dito isto, inclinei-me para ela, sentindo a sua respiração, já descompassada, adivinhando o que iria fazer em seguida, sorri ao de leve, ela inclinou-se um pouco para trás dando-me tempo de a olhar nos olhos antes de os meus lábios tocarem finalmente os seus.


(Diana)

Podia senti-lo a sorrir por entre os nossos beijos, estávamos encharcados e eu tremia devido a isso.
(Harry): Estás a tremer.- disse sorrindo, mantendo a sua cabeça encostada a minha.
(Diana): Estou molhada e está frio.- disse sem o encarar de frente – Vamos para casa?
(Harry): Claro, vais tomar um banho quentinho ao chegar lá…

(Harry)

O caminho até casa foi rápido visto que viemos a correr devido a chuva, e mal chegamos, ela dirigiu-se ao quarto dela e eu ao meu, agarrei em roupa e vim tomar banho cá para baixo, deixando-a a vontade com o andar de cima só para ela, por isso nem tivemos tempo de falar do nosso beijo. Mas confesso que já o queria ter feito hà muito tempo, e o facto de o ter feito mexeu comigo mais do que eu esperava, naquele momento devo admitir que fiquei nervoso, senti os meus joelhos a quererem falhar. Quando ainda estávamos no início do jantar decidi falar-lhe no assunto.

(Diana): Eu adoro esta comida, após que foram elas que te disseram não foi?- disse rindo- Mas porque é que te deste ao trabalho?
(Harry): Mexes comigo.- disse diretamente, sem rodeios, olhando nos olhos.
(Diana): Desculpa? – ela olhou-me confusa.
(Harry): Eu sei que me entendeste, desde o dia em que entrei por aquela porta e te vi pela primeira vez,  …- um barulho fez-me parar, a Diana olhava-me com um esgar nos lábios e os olhos cintilantes.

(Diana)

(Mãe): Cheguei querida.- gritou
(Diana): Cozinha, mãe.- disse continuando a olhar no Harry, desviei o olhar assim que ela entrou.
(Mãe): Só estão vocês?- disse dando dois beijinhos ao Harry e dirigindo-se a mim~.
(Diana): Sim, os outros foram todos… - algo me interrompeu.-AAATTCCCHHHIIIM- espirrei.
(Mãe): Tens os olhos um pouco vermelhos. – disse examinando-me.- Tens febre querida, vou buscar o auscultador.- detestava quando era a minha mãe a examinar-me, sentia-me como trabalho.
(Diana):  Apanhei um pouco de chuva, só isso , estou bem , só me constipei.
(Mãe): Dores no corpo? Tens?-preguntou
(Diana): Estou mesmo bem , e quando cheguei a casa tomei logo o medicamento, a febre não tarda em passar.- sorri
(Harry): Mas se calhar é melhor subires e descansares. – interrompeu.
(Diana): Não se preocupem, eu estou bem. Mãe pega num prato e come connosco.- esta assim o fez e no fim do nosso jantar mandou-me para o quarto descansar.
(Mãe): Vais com ela, Harry? Só para ter a certeza que ela se deita, eu vou arrumar a cozinha e volto para o Hospital.
(Harry): Sim, não se preocupe.- disse sorrindo-lhe

(Liam)

Não sei como fui ganhar coragem, mas na altura da sobremesa, enquanto a Inês falava com os pais ao telemóvel e o Zayn estava no exterior a fumar, a Ilídia mantinha a mão pousada no sofá, sem pensar muito pousei a minha mão sobre a dela, esta parecia espantada, primeiro parou depois olhou para mim e sorriu. Em seguida apertou a minha mão, como se a estivéssemos a dar normalmente. Quando chegamos a casa…

(Ilídia): Não acredito que o Harry te deixou a lavar a loiça, achei que vos ia encontrar agarradinhos no sofá quando chegar.- disse dirigindo-se a cozinha
(Mãe): Sim, mas isso seria um pouco mau tendo em conta que ele está interessado na minha filha e ela nele.- disse num tom de brincadeira limpando as mão no pano.
(Ilídia): Desculpe!  Não sabia que era você que aqui estava.- ela estava envergonhada, começou a falar mal entrou em casa e ouviu a agua a correr, sem ver primeiro quem lá estava .
(Mãe): Não tem mal. – disse rindo-se.- Eles estão os dois lá em cima no quarto, a Diana está meia doente.
(Lara): Está Doente?- disse, ela tinha chegado nesse momento e tinha apanhado o final da conversa
(Zayn): Sim está, o Harry está lá cima com ela, sabes? Ele é assim, quando está apaixonado deixa tudo pela pessoa que gosta. – estes às vezes mandavam indirectas um ao outro.
(Lara): Estás a tentar dizer-me alguma coisa?- disse esta saindo de trás do Louis.

(Inês)

Acho que falo por todos quando digo que mais perplexos não podíamos estar, ninguém percebeu a observação do Zayn e a reacção da Lara mais estranha foi, mas só me faz ter ainda mais a certeza de que algo se passou entre aqueles dois.
(Zayn): Acho que fui bem directo no que disse, agora entende como quiseres.
(Inês): Acalma-te.- disse pousando a minha mão no seu ombro.
(Lara): O que é que tu achas que estás a fazer?- nesse momento retraiu-se.
(Inês): Estás a falar comigo Lara?
(Lara): Não…Era para o Zayn…-  desculpou-se, estaria com ciúmes?
(Zayn): Mas eu não fiz nada.- ele parecia confuso
(Lara): Ergh, esqueçam.- o Louis pôs-lhe a mão na cinta e fê-la rodar sobre ela própria, a mãe da Diana pediu-nos calma e saiu, a Ilidia brincando com a situação ia caindo e o Liam agarrou-a levando-a ao colo para o exterior, o Zayn foi com eles e eu? Bem eu não podia ter ido embora mas estava curiosa em relação a Lara e o Louis por isso meti-me na cozinha e fiquei a ouvir a conversa.
(Louis): O que é que te deu?
(Lara): Nem te sei dizer, Lou.
(Louis): Ficas bonita zangada.- brincou. Odiei ouvir aquela frase.
(Lara): Oh, não sejas assim.- esta riu-se

(Louis)

Podemos voltar a ser crianças? Para eu te poder abraçar e beijar? Sentir outra vez a magia que te envolve? Eu sei, eu sei, tu tinhas só 10 aninhos e eu tinha 12, nada sabíamos, mas sabes? O primeiro amor é sempre o mais verdadeiro e foste o meu primeiro amor, és o meu primeiro amor. Hei de conseguir reconquistar.

(Chana)

O jantar foi muito agradável, mas foi uma grande confusão no início.  Fomos abordados por várias fãs e pessoas a pedir autógrafos e fotografias, a maioria estava só confusa e curiosa sobre mim. Quando chegámos ao Restaurante senti-me como a Dama do filme da “Dama e o Vagabundo” na altura em que os dois cãezinhos vão jantar, isto porque o Niall “dominava” a ementa e o restaurante em si. Pedimos e comemos, a comida era ótima e fez-me sentir saudades de casa. Rimos e brincámos muito, o Niall fez-me rir tanto que acabei por projetar metade da coca-cola que tinha na minha boca para as cortinas brancas. Ups. Enquanto caminháva-mos em direção ao táxi que já nos esperava no fundo da rua…
(Chana): Sabes? Para ser sincera adorei passar este tempo contigo.- acho que corei ligeiramente.
(Niall): Para pessoas especiais, noites especiais.- parei de andar.
(Chana): Que queres dizer?
(Niall): Que és especial, que me sinto bem contigo.- ele mantinha uma mão no bolso e outra na nuca, parecia-me nervoso.- que gosto de passar tempo contigo.
(Chana): Também gosto bastante de ti.- os meus pés deram um passo em frente, os dele seguiram-me e no momento seguinte fomos bombardeados por jornalistas, só tive tempo de esconder a cara no seu casaco e com a ajuda dele dirigir-me ao carro.- Isto é sempre assim? Sempre que sais com uma… amiga?- estava a tentar desculpar-me do que se tinha passado há pouco, não sei porque mas mais uns segundos e teria-o beijado. Não que não o quisesse fazer, porque certamente queria, mas provavelmente ia arrepender-me  no momento seguinte devido ao meu passado.
(Niall): Sim, por isso é que só saio com uma rapariga quando tenho a certeza do que sinto por ela, quando tenho a certeza que gosto realmente dela, caso contrário não a exponho a este tipo de coisas.-  no segundo seguinte ele corou e ficou muito atrapalhado.
(Chana): Uau.- murmurei, nesse momento entendi o quanto gostava dele e o quanto ele gostava de mim. Só havia uma coisa a fazer…- Acho que está na altura de te contar uma coisa, uma coisa que me está a fazer um pouco de confusão.- depois disto contei-lhe toda a minha situação com o meu ex.- Por isso é que me estranho a mim própria quando estou contigo.
(Niall): Agora percebo-te, e percebo a observação da Diana. Vamos com calma, sem pressas. Até que te sintas pronta para confiar outra vez. És muito corajosa. – disse dando-me a mão e fazendo-me uma carinho da face com a outra
(Chana): Obrigada.
(…)

(Harry)

A Diana passou a noite a insistir que eu fosse descansar, que devia ir divertir-me para o pé dos outros, mas eu mantive-me sempre com ela até a febre baixar, sentado num pequeno puf que ela tinha no quarto, uma vez que esta descansava no beliche mais baixo. Depois de ela adormecer, fui voltar a medir-lhe a febre e não resisti a sentar-me na berma da cama, comecei a fazer-lhe festinhas no cabelo, como eu gostava daquele cabelo meio acastanhado.
(Harry): Gosto mesmo de ti pequena.- disse
(Lara): Ainda estás aqui?- disse entrando no quarto.- E estás a falar sozinho, enlouqueceste  ... mesmo!
(Harry): Estou só cansado.- disse.- E apaixonado.
(Lara): Cansado? Por fazeres o Jantar?- nesse momento ela entendeu.- Finalmente um de vocês admite!! Aproveitando que ela está a dormir vou confessar-te uma coisa, ela sente o mesmo caro amigo.- disse piscando-me o olho.
  (Harry): Eu sei, senti isso hoje no nosso beijo.- um sorrido tolo formou-se na minha cara.
(Lara): Houve beijo? Daí esse sorriso apaixonado.- constatou sorrindo também.- Conta-me.
(Harry): E por isso é que ela está doente.- terminei após narrar a nossa linda aventura.
(Lara): Beijas uma miúda e ela acaba doente?- disse rindo- Hilariante. - olhei para ela com um olhar cortante, já me senti culpado que chegasse. Continuei mexendo no cabelo da Diana.
(Harry): Sais com o Louis e acabas a discutir com o Zayn? Isso também é no mínimo um pouco mau.- disse, sabendo que era um assunto que ela ia rejeitar. Ela revirou os olhos.- Mas vá conta-me, como foi o encontro?
(…)

(Liam)

Encontrava-me no quarto com o Zayn, o Louis e a Ilídia. O Louis obviamente dividia o quarto com o Harry  e como este se encontrava no quarto da Diana, e o Niall e a Chana  ainda não tinha chegado, ele abancou um pouco connosco, e o Zayn tinha-se juntado a mim e ao Niall recentemente, abandonando o quarto do Lou e do Harry. A Ilídia, bem, ela estava aqui porque, eu lhe disse para vir, para não estar sozinha. Sim, ok, eu admito, eu queria ao pé de mim.
(Zayn): Como foi o teu encontro?- disse dirigindo-se ao Louis, num tom áspero e seco.
(Louis): Otímo, como tudo o que faço com a Lara.
(Zayn): Foram onde?- deu-me a sensação de que aquilo não se limitava a curiosidade.
(Louis): Primeiro passamos a tarde numa espécie de feira, daquelas com diversões, depois fomos jantar a um restaurante que a Lara me indicou, não sei bem o nome, jantamos cedo porque tínhamos fome, o que nós deixou tempo para ir ao teatro.
(Zayn): Muitas fãs a interromper “momentos”?
(Louis): Umas poucas.- suspirou, o Zayn levantou-se e saiu do quarto disparado.

(Zayn)

Nem mais um segundo, é que não aguento aquela conversa mais um segundo. Fazia aquilo tudo com ela, porque é que me magoa tanto ela fazê-lo com outra pessoa? Quer dizer passaram dois anos, ela esqueceu-me, porque é que eu não a consegui esquecer? Esbarrei-me contra alguém.
(Lara): Auuuu!- queixou-se
(Zayn):  Desculpa.- disse ligando a luz do wall, só ai entendi que era a Lara.- Estás bem?? - fiquei preocupado.
(Lara): Sim, já passou. Ia só ao vosso quarto informar que o Harry adormeceu no meu quarto, no chão, ao pé da cama da Diana.
(Zayn): Passei assim uma noite contigo lembras-te? Quando tiveste uma apendicite?- sorri.
(Lara): Nem me lembres disso.- disse levantando a camisola e olhando a cicatriz, teve que retirar o apêndice.
(Zayn): Posso?- preguntei estendendo a mão, pedindo permissão para tocar na sua cicatriz, esta afirmou positivamente com a cabeça. Ao meu toque ela estremeceu.- Doí? – preguntei muito confuso, não era suposto doer.
(Lara): Não doí. Mas... esquece.- não tirávamos os olhos um do outro, a minha mão permanecia na sua cicatriz
(Zayn): Devíamos falar, não me sinto bem com o que aconteceu hoje.- revelei
(Louis): O que é que se passa aqui?
(Zayn): Nada.- nesse momento percebi que não estávamos nos melhores preparos, eu em boxeres no meio do Wall, a Lara com a camisola levantada e eu a tocar na sua cicatriz. -Estava só a ver.
(Lara): Estavamos só a conversar, estava a mostrar a minha cicatriz ao Zayn.
(Louis): Não era só isso, o vosso olhar dizia mais.- ele estava confuso, retraído e preocupado, talvez magoado. Ele é um irmão para mim, eu vou ter que lhe contar.
(Zayn): E que tal irmos os três até lá baixo, ceamos e assim antes que o Niall chegue, e falamos, não sei quanto à Lara mas eu tenho que falar contigo sobre  um assunto.- o Louis olhou-a , esta concordou comigo e descemos.
(Lara):Três anos, já é meia noite. - disse, assim do nada. Eu olhei para ela, porém, ela desviou o olhar.
(Louis): Três anos ? Hein? Não estou a perceber nada, mas bem , contem-me. Há algo estranho entre vocês? o Zayn ia falar mas a Lara travou-o.
(Lara):…

News

É só para dizer que não venho aqui há exactamente dois dias, mas hoje postarei um capítulo grande :) x

13 de mai de 2012

-.-'

Mais uma vez fizeram poucas perguntas.


Como é que tiveste a ideia de criar uma fic?

Então, eu comecei a ler uma fic deles e vi que as pessoas gostavam, então decidi escrever uma história, quando pus o primeiro capítulo não pensei que iria ser sobre eles, mas depois decidi " colocá-los  " na história. Já fiz algumas fics :) 

2-  Li$a
Qual é a tua imagem de grupo preferida dos 1D?


3-Qual a coisa mais louca que farias por eles?


Sinceramente não sei xD

Ah, vídeo.

http://www.youtube.com/watch?v=eyoTuUzHHgU
Eu há dias fiz este vídeo de apoio à Danielle e à Eleanor, por favor vejam e quem tiver conta que comente e assim :)
p.s. : até às 3 da tarde podem perguntar o que quiserem, sejam queridas, andem lá :3

QUESTIONS TIME.

okay, o de ontem foi fraquinho, mas quer que o de hoje seja melhor, se não fico triste :(
Podem perguntar coisas sobre mim, a fic , 1D ou até mesmo conselhos.
Não tenham vergonha, sim ? :)
Isto dura até às 3 da tarde.


12 de mai de 2012

....

Isto foi fraco, mas amanhã volto a fazer QUESTION TIMES.

1 - Anônimo " Hi, tens quantos anos? E vais postar outro capitulo quando? Bjs " 

Tenho quinze anos e posto o capítulo provavelmente amanhã :) 



2 - Nokas Miranda " Komo se vai dessenrolar a Fic apartir de agora?!

Desvenda alguns mistérios please!"

É assim, a Diana vai beijar o Harry. O Louis vai ficar apaixonado pela Lara, mais não posso desvendar. x
Não se esqueçam de perguntar o que quiserem no post anterior ... ficarei triste se não o fizerem :(

QUESTIONS TIME.


Antes de mais, obrigada àquelas que até agora mandaram os parabéns ao Gonçalo (:
Continuando ... hoje vou responder às vossas perguntas ( sobre os 1D, sobre mim, a fic ou até mesmo conselhos. ) por isso participem :)
P.S. : Nova sondagem lá em baixo xx

11 de mai de 2012

4. Dança.


(Niall)

Estamos aqui há quase duas semanas, espanta-me como as fãs ainda não deram com a casa da Diana. Eu gosto muito das nossas fãs não me entendam mal mas estar a descansar é o melhor do mundo, e poder fazê-lo na companhia deles todos, principalmente a companhia da Chana, é optimo. Temos tantas coisas em comum que passamos dias inteiros a conversar, a brincar e ainda por cima partilhamos o gosto por comer. Tenho que a convidar para sair.
(Chana): Eu acho que nós devíamos… - disse, interrompendo os meus pensamentos.
(Niall): Sair os dois?- interrompi.
(Chana): Bem, eu ia dizer ir as compras mas essa ideia também não me desagrada.- disse baixando o olhar um pouco envergonhada.
(Niall): Vamos avisar a Diana que hoje não jantamos em casa.- disse, sorrindo
(Chana): Ui, vou jantar fora com o Niall Horan.- disse em tom de brincadeira- Vamos onde? Nando's?- rimos bastante com aquela observação.
(Niall): Depende, queres lá ir? Escolhes tu…
(Chana): Bem… Não esperava que me desses escolha… Acho que o Nando's seria uma boa ideia.- sorriu ao de leve

(Chana)

Não gosto de falar do meu passado mas acho que esta na hora de o fazer. Sempre fui uma pessoa muito social e brincalhona, mas sempre tive um feitio complicado, não gosto quando não entendo as coisas, ou as pessoas me tentam mudar e isso as vezes faz-me ser um pouco má digamos. Há uns anos, tive o meu primeiro namoro e não foi uma experiência muito boa, ele nunca me bateu nem nada do género, mas traia-me, insultava-me e fazia-me sentir como lixo,  obrigou-me a continuar com ele, nunca tive opinião nem escolha em nada, e nessa situação nem a minha forma de ser ajudava. Quando estamos tão apaixonados como eu estava, aceita-se tudo. Quem me ajudou a reerger foi a Inês e a Ilidia, elas apoiaram-me e deram-me força para acabar com tudo, fui perseguida por ele durante uns tempos mas felizmente acabou bem. Nunca mais voltei a confiar num rapaz, muito menos a deixar que algum se aproximasse, por isso não entendo a minha atitude com o Niall.
(Diana): Não jantam? - perguntou. Provavelmente ouviu a nossa conversa.
(Niall): Vamos jantar fora.- respondeu, sorridente
(Liam): Eu não disse? Isto estava escrito pelo destino.- disse lembrando uma conversa anterior.
(Diana): É um jantar Liam. - disse, " defendendo-me".

(Niall)

( Niall ): Veremos. Sabes Diana...  a tua amiga , ela mexe comigo, temos tanto em comum!- disse quando a Chana se afastou um pouco.
(Harry): Di? Já não há sumo de maçã.. - disse, vindo da cozinha.
(Diana): Temos de ir as compras então, mas Niall tem calma com a Chana, ela não tem uma história muito fácil.
(Liam): Ele disse “Di”? – sussurrou-me.
(Niall): Abre os olhos rapaz, estes dois estão tão próximos. – sussurrei-lhe de volta.
(Diana): Bem, vocês desenrascam o lanche? Vou sair.
(Harry): Vais as compras? Vou contigo para ajudar.- disse
(Diana): Por acaso vou a aula de dança. Já há duas semanas que não ponho lá os pés, tenho saudades.
(Inês): Pois diz que os meninos ocupam muito tempo.- disse entrando na cozinha vinda da sala  acompanhada pelo Zayn.
(Harry): Posso ir contigo na mesma.- disse olhando-lhe olhos nos olhos.
(Diana): É, e a minha aula transformava-se numa sessão de autógrafos.- brincou. - Podes ir ter comigo depois, se quiseres.
(Inês): É verdade,  a Lara e o Louis não vão jantar, acho que tem qualquer coisa  a ver com um teatro não sei de quê, não sei a onde, mas também eles não precisam de um motivo .-disse . O Zayn, ouvindo isto, foi-se embora.
(Diana)

Estranho mesmo é a Inês e o Zayn , eu sei bem o que se passou entre este último e a Lara , e sei bem o que ele sente por ela, talvez por isso e por se notar bem que a Inês esta interessada no Louis me pareça tão estranho que ela e o Zayn andem sempre juntos. Alem disso se a Lara e o Louis estão em casa eles não estão e vice versa. Está a chover tanto que vai ser difícil chegar a academia de dança seca, não é muito longe mas de qualquer maneira... Desde os meus 8 anos que danço , é uma paixão muito antiga , quando danço estou num mundo paralelo onde sonho a vontade e sem barreiras, consigo soltar-me e ser eu própria, mas não gosto muito do público e espero que o Harry não apareça.
(Harry)

(Liam): Oh Ilídia, estou a pensar, já que eles vão todos jantar fora e só ficamos nós os dois e o Zayn e a Inês , se calhar nós íamos jantar também…
(Ilídia): Ui, Nós os dois?
(Liam): Bem , estava a dizer os quatro, para não estarmos a fazer comida só para nós- disse, embaraçado. Na realidade ele queria ir só com ela , mas não tem muito jeito para estas coisas.
(Harry): Isso é tudo muito bonita mas nós somos cinco , ou eu não conto? - perguntei, interrompendo-os.
(Liam): Contas, mas tu vais atrás da Diana. Estas aí mortinho para a ir ver dançar , eu conheço-te. - disse-me, piscando o olho.
(Harry): Mas é que vou mesmo.  Já que vocês vão jantar todos fora, eu acho que tive uma ideia.- disse sorrindo
(Ilídia): Senhoras e senhores, o sexy Harry Styles. - brincou.
(Harry): Só lhe vou preparar o Jantar. Calma aí, menina- disse rindo também as gargalhadas .

Saá de casa e fui as compras. Aproveitei o facto de a Inês e a Ilídia ainda não terem saído para me darem a receita da comida preferida da Diana, esparguete com carne picada. Preparei tudo e dirigi-me a academia. Quando lá cheguei , já não estava ninguém exceto a Diana, que ainda dançava em frente ao espelho. Sentei-me um bocado a vê-la dançar .

(Harry): E se parasses e viesses jantar comigo?- acabei por dizer fazendo-a parar no mesmo instante.
(Diana): Há quanto tempo estas aí?- perguntou, atrapalhada.
(Harry): O suficiente para te dizer que danças mesmo muito bem. - respondi, sorrindo.
(Diana): Bem, eu vou para casa.- disse, pegando no saco e começando a andar a passo rápido.
(Harry): Ei? A sério?- ela nem olhou para trás, comecei a correr atrás dela pelo meio da rua com aquela chuva toda. – Diana!- disse agarrando-a pelo braço.
(Diana): Que vergonha,  a sério, deixa-me ir.- disse tirando o braço rapidamente e precipitando-se para a passadeira.
(Harry): Cuidado!- gritei puxando-a para o passeio.- Estás maluca?
(Diana): Deixa-me.
(Harry): Diana, para que tanta vergonha? Eu adorei ver-te dançar. Acho que foste mesmo fantástica, não tens que ter vergonha , és optima naquilo que fazes.- disse sorrindo, ela parou de se debater com o facto de eu a estar a agarrar.
(Diana): Achas mesmo?- disse olhando-me nos olhos.
(Harry): Sim!- disse sorrindo-lhe e olhando-a, encontrávamos-nos parados no meio do passeio, á chuva , comigo agarrando-a pela cintura , até que…
(Diana): …..

Que acham que ela vai dizer ? Deixem as vossas opiniões.
E, já sabem, comentem o post anterior para dar os parabéns ao Gonçalo, se não fizerem isso, juro que acabo com a fic ! x

Meninaassssssssssssssssss!

É amanhã que o Gonçalo faz anos, por favor, se virem isto comentem este post a dar-lhe os parabéns.
Se ficarem aqui até à meia noite, comentem a dar-lhe os parabéns, por favooooooor :( x

10 de mai de 2012

One Shot. - Daniela


 - Odeio-te ! Odeio-te, Chris! - foram as últimas palavras que disse ao meu namorado, quer dizer, ex namorado. Apanhei-o com outra, nem podia acreditar. Quinze meses de namoro estragado por um momento. Não aguentei e tive de sair dali, fui para a praia, que era onde eu costumava ir espairecer. As lágrimas teimavam cair pelo meu rosto. Encondi a minha cara entre as minhas mãos. Não queria que ninguém me visse naquela figura. Senti alguém a tocar-me no meu ombro. Rapidamente vi quem era.
- Ei, estás bem? - disse, sentando-se ao pé de mim. Era o Liam, o meu melhor amigo. Era ele que me apoiava em todas as decisões e quem estava sempre a meu lado. Eu continuava a chorar, não conseguia pronunciar nem uma sílaba. - Oh, anda cá. - disse, ele pondo os seus braços à volta do meu tronco. Era mesmo disso que eu precisava. - Que se passou, Dani?

- O Chris  ... - fiz uma pausa, soluçando. - Eu fui a casa dele, e apanhei-o com a Nicole. - chorava cada vez mais.

- Eu sei que não é a altura certa, mas .. eu avisei-te. - disse, ele nunca deixando de me abraçar. Eu olhei para ele. - Desculpa.

- Não tens de pedir. Eu é que não devia ter ido na lenga lenga dele. - disse. - Mas eu gostava tanto, mas tanto dele, Liam. Estava completamente cega, pelos vistos.

- Olha ... eu não posso fazer a dor do teu coração desaparecer, mas pelo menos posso tentar animar-me. - disse, sorrindo para mim . - Que me dizes a irmos ir a uma discoteca hoje ?

- Não estou com paciência para isso, Liam. - disse. A ideia não era má, mas não estava nos melhores momentos. Ele fez-me aquele beicinho ao qual eu nunca consegui resistir. - Só tu mesmo. Mas, o problema é que não vou ser boa companhia, esta noite.

- Para mim és a melhor companhia que eu tenho. - disse-me com um enorme sorriso. - Mas não vais assim! Vou-te levar a casa e lá irás vestir-te e ficar melhor vestida do que agora. - pois, realmente, fato de treino não era o melhor outfit para uma discoteca.  - Pode ser? - eu assenti com a cabeça. - Então, vamos lá, que eu levo-te.
                                                                              *******
Eram exactamente oito horas da noite quando alguém tocou á campainha. De certeza que era o Liam.
- Boa noite! - disse-me quando abri a porta. Era mesmo ele.

- Estás lindo, Liam. - disse, olhando-o de cima a baixo.

- Tu também, Dani. Quer dizer, estás sempre. - ele era mesmo um querido para mim. Eu estava assim : http://www.polyvore.com/cgi/set?id=48702164 .

- Não digas isso que me deixas sem jeito ! - disse, dando-lhe uma pequena palmada no ombro. - Vamos a pé?

- Achas mesmo ? Vamos no meu carro. Suponho a dor que deves sentir com esses enormes tacões. - disse ele olhando para o que tinha calçado.

- Não são assim tão altos, e , além disso, já estou habituada a andar com eles, por isso, já ando melhor . - disse, fechando a porta, por trás de mim.
- Espero que estejas preparada para a melhor noite da tua vida. - disse, ele ligando o carro.

- Espero bem que seja a melhor, visto que o dia foi o pior. - mesmo que tentasse não me lembrar, as imagens do Chris permaneciam na minha mente.
- Sei que é difícil, mas tenta não te lembrar disso. - disse ele. - Chegámos.

                                                                            *********
Faz hoje exactamente dois meses após aquele triste dia. Se gosto do Chris? Não. O meu coração foi novamente roubado, mas desta vez não foi por nenhum mulherengo, mas sim por aquele que conheço desde os meus cinco anos de idade, aquele a quem conto tudo da minha vida, o Liam. Hoje quero que ele saiba o que eu sinto por ele, quero deixar de estar todas as noites a pensar " Digo ou não digo?". Tínhamos combinado ir ao bar do costume.
- Olá, Dani. - disse-me, quando finalmente chegou. Estás boa?

- Sim, e tu ? - ele assentiu com a cabeça. - Sempre pensei que as mulheres é que se atrasavam, mas pelos vistos ...

- Ai, que parva. Cheguei um pouco atrasado ... - eu olhava para ele. - Pronto, ok ... quase uma hora atrasado, porque acordei demasiado tarde e ainda tive de me arranjar. - eu estava a olhar para ele. Os seus olhos de cor de bolota hipnotizavam-me. - Ei, então, estás bem ?

- Sim, sim, estou. - disse. - Quer dizer .. eu tenho algo para te contar e estou com um pouco de medo da tua reacção.

- Estás a preocupar-me. Não me digas que te vais embora e que eu nunca mais te vou ver. - ele estava mesmo assustado com essa hipótese.

- Não, nada disso! Ainda vou ficar aqui por muito tempo. - bem, era agora. - Eu não sei como dizer isto. Estou bastante nervosa, com a possibilidade de ficares chateado, mas a verdade é que de algum tempo para cá eu tenho sentido um carinho especial por ti. Maior do que amizade.  - ele olhava para mim, confuso. - Eu não quero que a nossa amizade se estrague. És sem dúvida uma das pessoas mais especiais da minha vida e a última coisa que quero é perder-te. Eu gosto de ti, Liam, mas é que gosto mesmo. - ele parecia chocado, não dizia nada. - Por favor, diz algo.
- Daniela, eu juro que não tenho palavras para descrever o que sinto. Eu estou a sentir-me mais feliz que nunca. - ele, estava com um enorme sorriso. Agarrou-me na mão e fez-lhe pequenas festas. - Tu também és muito importante para mim, acredita.
- Isso quer dizer que não estás chateado ? - ele acenou negativamente com a cabeça. - Acabaste de me tirar um peso de cima. Não queria mesmo perder a tua amizade.
- Dani ... - ele baixou a cabeça. Estava deveras envergonhado. - Queres dar-me a honra de te poder chamar de " namorada " ? - afirmei com a cabeça. Sentia-me mais feliz que nunca. - Adoro-te! E não é como amiga. - ouvi-lo dizer aquilo despertava em mim as famosas borboletas.
                                                                         
                                                                         ******
Passaram-se dois anos desde aquele feliz momento.  Ainda estamos juntos, melhores que nunca. Não quero que nada mude.


OneDirection ♥ , este é para ti. Peço desculpa ter demorado algum tempo . Espero que gostes.
Nokas, és a seguinte :) x
Quem quer o novo capítulo ? :D
Tem de ser pelo menos 10 comentários :)
E já agora, novo " visual ", que dizem ? x

9 de mai de 2012

Obrigada.

Amanhã tenho teste Intermédio de Matemática ( -.- ), por isso hoje não posso postar aqui, talvez amanhã.
Para quem for do 9º , espero que vos corra bem o texto :)x
A prima do Zayn segue-me no twitter = le me really happy * - *
Não se esqueçam de Sábado, conto com a vossa ajuda ! x

7 de mai de 2012

*-*


Isto não tem nada a ver com a fic, ou se calhar .. até tem :)

Lembram-se do Gonçalo? Entrou na primeira fic (  morreu a " meio " ). Pronto, ele no Sábado faz anos e vocês seriam muito queridas se lhe dessem os parabéns, não é verdade? :3
É para me ajudarem a fazer uma surpresa. Por isso, ajudem-me :(
Não se esqueçam, a sério *

Informação.

Para quem ainda não viu, o novo capítulo já saiu (:
Mas não é disso que quero falar, às vezes não tenho paciência para escrever os capítulos e assim, por isso pensei fazer One- Shots.
Quem quiser, que comente!
O vosso nome, o rapaz favorito da banda e se querem que eles sejam famosos ou não. x

3. Regresso ao Passado ( Parte II )


(Zayn)
Não sei como é que ainda fui estúpido ao ponto de ir falar com ela, quer dizer, já sabia que isto ia acabar assim, conheço-a bem, quando não esta a vontade num assunto foge, não sei se o facto de ela ter fugido é bom ou mau. Quanto a mim, saí pela portada da sala que dava acesso a piscina, e subi as escadas exteriores entrando de seguida num dos quartos. Ia seguir para o meu quarto mas algo me deteve, era o quarto da Diana e da Lara. Quando olho para a mesinha de cabeceira vejo uma caixinha que tinha impresso ”to eternity”, tinha sido uma caixa que eu e a Lara tínhamos decorado juntos e eu lhe acabei por oferecer mais tarde após ter escrito aquelas palavras, sorri, pois nunca me ei de arrepender de o ter feito, gosto demasiado dela para isso, e sorri, pelo facto de ela a ter guardado. Segui para o meu quarto.

( Chana )

(Lara): Chana, podes ir…
(Chana): Não vou as compras, não faço o jantar nem afins…. - disse, interrompendo-a-(Lara): Hum, ok. Mas eu só te ia pedir para ires lá cima buscares a Inês para irmos jantar.
(Niall): JANTAAAAAAAAAAR….-disse ele dirigindo-se para a cozinha
(Louis): Não achas que é melhor ir lá eu ou o Liam? Se calhar e preciso trazê-la ao colo.- disse-me a mim.
(Lara): O Liam esta lá dentro a ajudar a Ilidia a por a mesa e eu queria que me desses boleia, tenho que ir a um sítio.
(Louis): Antes de jantar?
(Lara): Preferia que assim fosse… já estou aqui há uns dia e não consigo aguentar mais nem uma hora sem ir lá.
Nisto desce a Diana e o Harry, este último já não coxeava e ria-se bastante juntamente com a Diana.

(Chana): Óh Diana chama a Inês. Já que estas de pé…
(Zayn): Eu já a trago.- disse descendo as escadas logo atrás da Diana e do Harry
(Niall): Madame.- disse esticando-me a mão.- e gente venham para a mesa, a mãe da Diana disse que tem que ir trabalhar pois tem uma urgência e não pode esperar…

(Lara)

Após ter ido falar com a minha tia e explicar-lhe o porque de eu e o Louis não jantarmos, peguei no casaco e sai de casa.
(Louis): Orientas-me no caminho?
(Lara): Sempre em frente.- disse. Fui dando as indicações, andámos por trinta minutos mais ao menos. -PÁRA-gritei
(Louis): Mas isto era a tua casa…
(Lara): Sim era, não voltei cá desde que os meus pais morreram, tinha saudades.- sinto as lágrimas a começarem a rolar-me pela cara
(Louis): Não soube do sucedido. Lamento imenso! Anda cá!- disse abrindo os braços na minha direcção, nesse momento chorava por tudo, pela saudade dos meus pais, pelo que aquela casa representava, pelos momentos ali passados, eu nunca quis deixar aquela casa e chorava  também pela confusão que ia na minha cabeça, chorava pelo Zayn e pela nossa recente conversa, pelo que lhe fiz, por ciúmes, bem por tudo.
(Lara): Vou entrar – acabei por dizer, pegando nas chaves
(Louis): Eu espero aqui…
(Lara): Por acaso,preferia que entrasses comigo. – não sei muito bem porque o disse.
(…)

( Diana)

(Zayn): Onde é que achas que eles foram? - o Zayn parecia assustado com a ideia daqueles dois estarem sozinhos.
(Diana): Deve ter ido desanuviar a cabeça, ela deve estar a pensar em tanto ao mesmo tempo. - respondi.-  E o que se passou com vocês de tarde? - perguntei.
(Zayn): Diana, diz-me sinceramente, eu tenho que esquecê-la? - foi nesse momento que me lembrei que eu já tinha estado com o Zayn uma ou duas vezes quando eles namoravam.
(Harry): Pensei que não eras homem de desistir. - o Zayn ficou a olhar para ele confuso.- Desculpa Zayn, mas eu estava a passar e ouvi a conversa. A Lara, é a rapariga em que tu pensas quando dizes que já tiveste a mulher perfeita não é?
(Zayn): Onde é que foste buscar essa ideia? - ele baixou a cabeça.- Pode ser ela... - acabou por dizes.
(Harry): Eu já entendi Zayn. Aliás, eles também já entenderam que algo se passa entre vocês. - eu acenava com a cabeça, concordando.
(Diana): Só acho que as coisas não deviam ficar assim tão estranhas entre vocês, mas também lhe devias dar espaço.
(Chana): A SOBREMESAAAAAAAAAAA????- gritou vindo da sala de jantar
(Liam): VOU BUSCAAAAAAAARRRRRR!
(Ilídia): PORQUE É QUE ESTAMOS A GRITAAAAARRRRR?
(Diana): Vamos?
(Harry): Sim, claro.- disse calmamente- EU LEVOOOOOOOOOOOOO- disse pegando na sobremesa e começando a correr.
(…)

(Louis)

( Lara ) : E este era o meu quarto. - disse, quando entrou numa divisão cor- de- rosa.(Louis): Quarto mesmo de menina.-disse afagando-lhe o ombro. Desde que entrámos que a mantinha abraçada a mim.
(Lara): É, aqui em casa era assim, eu era a perfeita Lara, que não parte um prato, a Menina, tal como disseste. - disse olhando-me nos olhos.
(Louis): Todos nós temos as nossas coisas, as asneiras que cometemos, as parvoíces que fazemos, desde que não prejudique ninguém, nós só temos que aprender a viver com isso.
(Lara): Eu aceito quase tudo o que fiz, menos quando as minhas atitudes magoaram alguém quando eu estava a tentar agir da melhor forma.
(Louis): Ora, fizeste-o com as melhores das intenções, com certeza.- disse sorrindo-lhe.
(Lara): Sim foi.- disse retribuindo-me.

( ... )

Espero que gostem, os comentários são sempre bons =)
E OBRIGADA PELAS  14416  VISITAS, lindas :) x

6 de mai de 2012

Twitter :)

hey, hey :)
venho aqui para pedir que me siguem no twitter : @LaraI1D , eu sigo de volta :)
Quanto ao capítulo amanhã publico, beijos *

5 de mai de 2012

3. Regresso ao Passado.


( Lara ): Eu vou ver se a Inês está bem. - não conseguia falar com ele por muito que quisesse.
( Zayn ): Não. - eu virei-me para trás quando ele falou. - Quer dizer, eu acho que ela fica segura com o Louis. E além disso, acho que precisamos de falar.
( Lara ): Não disse que não fica, apenas quero ver se ela está melhor. - tentei escapar-me.
( Zayn ): Não queres falar comigo, pois não ? - olhou para mim da mesma maneira que olhava quando namorávamos. Aproximava-se cada vez mais e sentia o meu batimento cardíaco a acelerar.
( Lara ): A Diana? - ele aproximou-se demasiado de mim, fazendo com que eu ficasse encurralada entre ele e a parede.
( Zayn ): Ela foi sair com os outros. - eu tentava sair dali. - Já não me amas? - não sabia o que dizer naquele momento.
( Lara ): Hum, Zayn, não quero falar disso, por favor. - estava confusa entre ele e o Louis. Por um lado não consegui esquecer o Zayn, porém o Louis foi aquela paixão que eu tinha de criança que sempre fica.
( Diana ): Chegámos! - disse, entrando pela porta. Consegui " libertar-me", por fim! - Está tudo bem? - perguntou ao ver-me naquela figura com o Zayn.
( Lara ): Sim, porque não haveria de estar? - menti. - E vocês onde foram? - o Zayn tinha-se ido embora.
( Ilídia ): Bowling!
( Niall ): E foi bastante divertido, especialmente a queda do Harry lá no meio. - disse, soltando uma gargalhada no final.
( Harry ): Ahah, que engraçadinho que és.
( Lara ): Não entendi.
( Liam ): O Harry mal chegou lá de um grande tombo, o chão estava escorregadio.
( Harry ): Magoei-me, parem de gozar.
( Lara ): A Diana que te ponha pomada, aposto que não se importa ela. - disse, piscando o olho.
( Harry ): Sim, sim! Boa ideia. - ele pareceu contente. - Vamos Dianinha. - disse, dando-lhe a mão e subindo as escadas.
( Chana ): Aqueles dois! - disse, vindo com uma sandes na mão.
( Ilídia ): Mas tu já estás a comer?!
( Niall ): Fizeste-me uma sandes também, certo?
( Chana ): Claro. - disse, estendendo a mão.
( Liam ): A Inês e o Zayn ainda estão na piscina? - o Liam ainda não tinha entrado e por isso não viu a minha figura com o Zayn.
( Lara ): A Inês está lá cima porque se magoou, mas nada de mais e o Zayn .. - fiz uma pausa, até dizer o nome dele me " assustava" .- Bem, dele não sei.
( Ilíada ): E como foi o encontro com o Louis ?
( Lara ): Como deves calcular com este tempo, viemos logo para casa, era para irmos jantar, mas como ele não levou o carro , não queríamos jantar como se tivessemos saido de um encontro com peixes.
( Louis ): A Inês adormeceu. - disse, descendo as escadas.
( Chana ): Ó, coitada. Deve-se ter magoado bem.
( Niall ): Mas não tanto como o Harry. - disse, rindo-se alto.
( Louis ): Não pesquei.
( Liam ): Esquece. Aqui o nosso Niall anda muito feliz desde ontem, porque será. - disse, falando para a Chana.
( Chana ): Eh .. porque aqui a comida é óptima, duh! - riu-se juntamente com o Niall.

( ... )

(Diana )
Depois de ter posto pomada na perna do Harry, sítio onde ele se tinha magoado, fiquei no "seu" quarto a falar com ele.

( Harry ): Então, Diana , conta-me ... como vai a tua vida amorosa?
( Diana ): Ainda ninguém me roubou o coração e tu? Deves ter a tua vida amorosa muito preenchida.
( Harry ): Nada disso, sabes que as pessoas inventam rumores. Não podes sair à rua com alguém do sexo femenino que no dia seguinte aparece como a nova conquista do Harry Styles. É um pouco cansativo.
( Diana ): Pois, eu não sou famosa, não sei o que isso é.
( Harry ): Não é assim tão bom como parece. Isto é, claro que amo ter as fãs que tenho e receber o carinho que têm para me dar, mas se eu sair à rua sou frequentemente atacado e essa é a parte menos boa.
( Diana ): Lamento, Harry.
( Harry ): Posso fazer-te uma pergunta? Sei que não me devo meter, mas posso?
( Diana ): Sim, eu não sei é se te posso responder, mas força ai.
( Harry ): Quando a banda se formou, o Zayn falou-me de uma rapariga que conheceu em BradFord, mais tarde ela foi-se embora e não lhe disse nada pessoalmente. Sei que antes de ela ir para Portugal ainda parou em Londres.
( Diana ): E o que tem?
( Harry ): Ontem, quando chegámos o Louis cumprimentou a Lara e ela disse que se tinha ido embora ... andei a pensar e achas que essa rapariga é a Lara? É que viste-los há bocado? E quando a Lara está com o Louis o Zayn olha para eles de uma forma...- não sabia o que responder naquele momento. Será que lhe dizia? - É que pelo que ele me disse, o Zayn sofreu imenso com a ida dela. - eu estava feita maluca a olhar para ele. - Diana, estás bem?
( Diana ): Eu sei que não devia dizer isto, mas sim. Eles namoraram , mas os pais dela tiveram de ir para Portugal, graças ao emprego. Ela não se queria despedir dele, porque sabia que iria custar-lhe mais. - ele ouvia atentamente cada palavra que me saia da boca. - Mas não digas a ninguém.
( Harry ): Eu prometo. E achas que ela gosta dele, ainda? - eu fiz uma expressão " não sei ". - É que ele ainda gosta dela.
( Diana ): Mas ele não namorou lá com aquelas duas no X- Factor?
( Harry ): A Geneva e a Rebeca? Ó, pouco duraram. Ele ainda hoje sofre pela tua amiga.

( ... )

Espero que estejam a gostar! Sei que este capítulo está horrível, peço desculpa.
É sempre bom ler os vossos comentários. Não se esqueçam de comentar :)