11 de mai de 2012

4. Dança.


(Niall)

Estamos aqui há quase duas semanas, espanta-me como as fãs ainda não deram com a casa da Diana. Eu gosto muito das nossas fãs não me entendam mal mas estar a descansar é o melhor do mundo, e poder fazê-lo na companhia deles todos, principalmente a companhia da Chana, é optimo. Temos tantas coisas em comum que passamos dias inteiros a conversar, a brincar e ainda por cima partilhamos o gosto por comer. Tenho que a convidar para sair.
(Chana): Eu acho que nós devíamos… - disse, interrompendo os meus pensamentos.
(Niall): Sair os dois?- interrompi.
(Chana): Bem, eu ia dizer ir as compras mas essa ideia também não me desagrada.- disse baixando o olhar um pouco envergonhada.
(Niall): Vamos avisar a Diana que hoje não jantamos em casa.- disse, sorrindo
(Chana): Ui, vou jantar fora com o Niall Horan.- disse em tom de brincadeira- Vamos onde? Nando's?- rimos bastante com aquela observação.
(Niall): Depende, queres lá ir? Escolhes tu…
(Chana): Bem… Não esperava que me desses escolha… Acho que o Nando's seria uma boa ideia.- sorriu ao de leve

(Chana)

Não gosto de falar do meu passado mas acho que esta na hora de o fazer. Sempre fui uma pessoa muito social e brincalhona, mas sempre tive um feitio complicado, não gosto quando não entendo as coisas, ou as pessoas me tentam mudar e isso as vezes faz-me ser um pouco má digamos. Há uns anos, tive o meu primeiro namoro e não foi uma experiência muito boa, ele nunca me bateu nem nada do género, mas traia-me, insultava-me e fazia-me sentir como lixo,  obrigou-me a continuar com ele, nunca tive opinião nem escolha em nada, e nessa situação nem a minha forma de ser ajudava. Quando estamos tão apaixonados como eu estava, aceita-se tudo. Quem me ajudou a reerger foi a Inês e a Ilidia, elas apoiaram-me e deram-me força para acabar com tudo, fui perseguida por ele durante uns tempos mas felizmente acabou bem. Nunca mais voltei a confiar num rapaz, muito menos a deixar que algum se aproximasse, por isso não entendo a minha atitude com o Niall.
(Diana): Não jantam? - perguntou. Provavelmente ouviu a nossa conversa.
(Niall): Vamos jantar fora.- respondeu, sorridente
(Liam): Eu não disse? Isto estava escrito pelo destino.- disse lembrando uma conversa anterior.
(Diana): É um jantar Liam. - disse, " defendendo-me".

(Niall)

( Niall ): Veremos. Sabes Diana...  a tua amiga , ela mexe comigo, temos tanto em comum!- disse quando a Chana se afastou um pouco.
(Harry): Di? Já não há sumo de maçã.. - disse, vindo da cozinha.
(Diana): Temos de ir as compras então, mas Niall tem calma com a Chana, ela não tem uma história muito fácil.
(Liam): Ele disse “Di”? – sussurrou-me.
(Niall): Abre os olhos rapaz, estes dois estão tão próximos. – sussurrei-lhe de volta.
(Diana): Bem, vocês desenrascam o lanche? Vou sair.
(Harry): Vais as compras? Vou contigo para ajudar.- disse
(Diana): Por acaso vou a aula de dança. Já há duas semanas que não ponho lá os pés, tenho saudades.
(Inês): Pois diz que os meninos ocupam muito tempo.- disse entrando na cozinha vinda da sala  acompanhada pelo Zayn.
(Harry): Posso ir contigo na mesma.- disse olhando-lhe olhos nos olhos.
(Diana): É, e a minha aula transformava-se numa sessão de autógrafos.- brincou. - Podes ir ter comigo depois, se quiseres.
(Inês): É verdade,  a Lara e o Louis não vão jantar, acho que tem qualquer coisa  a ver com um teatro não sei de quê, não sei a onde, mas também eles não precisam de um motivo .-disse . O Zayn, ouvindo isto, foi-se embora.
(Diana)

Estranho mesmo é a Inês e o Zayn , eu sei bem o que se passou entre este último e a Lara , e sei bem o que ele sente por ela, talvez por isso e por se notar bem que a Inês esta interessada no Louis me pareça tão estranho que ela e o Zayn andem sempre juntos. Alem disso se a Lara e o Louis estão em casa eles não estão e vice versa. Está a chover tanto que vai ser difícil chegar a academia de dança seca, não é muito longe mas de qualquer maneira... Desde os meus 8 anos que danço , é uma paixão muito antiga , quando danço estou num mundo paralelo onde sonho a vontade e sem barreiras, consigo soltar-me e ser eu própria, mas não gosto muito do público e espero que o Harry não apareça.
(Harry)

(Liam): Oh Ilídia, estou a pensar, já que eles vão todos jantar fora e só ficamos nós os dois e o Zayn e a Inês , se calhar nós íamos jantar também…
(Ilídia): Ui, Nós os dois?
(Liam): Bem , estava a dizer os quatro, para não estarmos a fazer comida só para nós- disse, embaraçado. Na realidade ele queria ir só com ela , mas não tem muito jeito para estas coisas.
(Harry): Isso é tudo muito bonita mas nós somos cinco , ou eu não conto? - perguntei, interrompendo-os.
(Liam): Contas, mas tu vais atrás da Diana. Estas aí mortinho para a ir ver dançar , eu conheço-te. - disse-me, piscando o olho.
(Harry): Mas é que vou mesmo.  Já que vocês vão jantar todos fora, eu acho que tive uma ideia.- disse sorrindo
(Ilídia): Senhoras e senhores, o sexy Harry Styles. - brincou.
(Harry): Só lhe vou preparar o Jantar. Calma aí, menina- disse rindo também as gargalhadas .

Saá de casa e fui as compras. Aproveitei o facto de a Inês e a Ilídia ainda não terem saído para me darem a receita da comida preferida da Diana, esparguete com carne picada. Preparei tudo e dirigi-me a academia. Quando lá cheguei , já não estava ninguém exceto a Diana, que ainda dançava em frente ao espelho. Sentei-me um bocado a vê-la dançar .

(Harry): E se parasses e viesses jantar comigo?- acabei por dizer fazendo-a parar no mesmo instante.
(Diana): Há quanto tempo estas aí?- perguntou, atrapalhada.
(Harry): O suficiente para te dizer que danças mesmo muito bem. - respondi, sorrindo.
(Diana): Bem, eu vou para casa.- disse, pegando no saco e começando a andar a passo rápido.
(Harry): Ei? A sério?- ela nem olhou para trás, comecei a correr atrás dela pelo meio da rua com aquela chuva toda. – Diana!- disse agarrando-a pelo braço.
(Diana): Que vergonha,  a sério, deixa-me ir.- disse tirando o braço rapidamente e precipitando-se para a passadeira.
(Harry): Cuidado!- gritei puxando-a para o passeio.- Estás maluca?
(Diana): Deixa-me.
(Harry): Diana, para que tanta vergonha? Eu adorei ver-te dançar. Acho que foste mesmo fantástica, não tens que ter vergonha , és optima naquilo que fazes.- disse sorrindo, ela parou de se debater com o facto de eu a estar a agarrar.
(Diana): Achas mesmo?- disse olhando-me nos olhos.
(Harry): Sim!- disse sorrindo-lhe e olhando-a, encontrávamos-nos parados no meio do passeio, á chuva , comigo agarrando-a pela cintura , até que…
(Diana): …..

Que acham que ela vai dizer ? Deixem as vossas opiniões.
E, já sabem, comentem o post anterior para dar os parabéns ao Gonçalo, se não fizerem isso, juro que acabo com a fic ! x

6 comentários:

  1. Beijo, Beijo, Beijo!!

    Tá lindoooooo!!

    WHAT?1 Akabas kom fic!! Tas crazy eu dou lh os parabéns kuantas vexes kisers! 100?! Eu dou lh cem mas please, nao pods akabar kom a fic!! :(


    <3

    ResponderExcluir
  2. Amei e estou ansiosa de saber o que ela vai dizer :)

    ResponderExcluir
  3. Amei. Posta rápido sim?? Pff linda
    bjs

    ResponderExcluir