18 de mai de 2012

ONE SHOT. - NOKAS.

( Inês )
Tinha feito a audição para este programa, o x-factor, já em Abril. Sempre adorei cantar e, modestia à parte, eu mesma sei que tenho talento para a coisa. Decidi entrar a solo, para ver se conseguia seguir uma carreira individual. Fico bastante contente por ter passado a audição e o bootcamp iria já ser amanhã. Iria arriscar a minha voz com a música " Mercedes Benz" da Janis Joplin. Provavelmente não iria conseguir, mas decidi tentar na mesma. " Quem não arrisca não petisca",certo?
                                                                          ****
Conheci uns rapazes aqui no programa. Criaram uma banda que se intitula de " One Direction". Tenho de confessar que cantam mesmo bem. Já são finalistas do programa, assim como eu. Não queria " competir" contra eles. Passo-me a explicar. Há um rapaz lá no grupo, um tal de Liam. O rapaz não me sai da cabeça desde o primeiro dia que o vi no bootcamp. O problema é que apenas trocamos uns míseros " olá" e " chau". Ele tinha o sorriso mais doce que eu alguma vez tinha visto na vida. Os seus olhos eram cor de avelã.  É por isso que não quero competir contra eles, mesmo que ele nem saiba que eu existo.
( Liam ): Desculpa. - disse, depois de me ter dando um emporrão. - Foi sem querer, estás bem? - demorei algum tempo a responder.

( Inês ): Sim, estou. Não te preocupes. - tentei não dar muito nas vistas.

( Liam ): Ainda bem. Não queria que te magoasses. - disse, sorrindo. - Bem, vou indo para os ensaios, se não te vir até amanhã ... boa sorte para a final!

( Inês ): Obrigada, Liam! Mas acho que vocês merecem ganhar. São excelentes ! - estava a tremer um pouco devido ao nervosismo.

( Liam ): Obrigado. Tenho mesmo de ir, Inês. - disse, olhando para o relógio. Pelo menos sabe o meu nome. - Gostei de falar contigo, mais uma vez. - disse, afastando-se de mim.
Aquelas borboletas sobre as quais muita gente fala finalmente se encontravam em mim. O amor é uma sensação ótima, ou talvez não.
                                                                ****

( Apresentador ): Em terceiro lugar temos ... - abriu o envelope. - Os One Direction! - mais de metade da plateia que lá estavam batiam palmas para eles. Acho mesmo que entre eles, eu e a Cher, eles deviam ter ganho.  Ouvia os rapazes a dizerem " Já é bom, meninos." e a abraçarem-se uns aos outros. - Em segundo lugar .... - fez a típica pausa dramática. - Inês Azevedo. - fiquei imensamente feliz. Já se sabia que a Cher iria ficar em primeiro, visto que os restantes lugares já estavam ocupados.

( Liam ): Parabéns! Tu mereces. Tens uma voz incrível! - disse, abraçando-me. Não queria que aquele abraço acabasse. - Estou mesmo feliz por ti.

( Inês ): Obrigada, Liam! Tenho pena que apenas tenham ficado no último lugar, mas isto é só o iníco da vossa linda carreira.

( Liam ) : Já fizeste as malas? - disse, mudando de assunto. - É que eu e os rapazes já as fizemos e agora vamos ao McDonald's jantar e estava a pensar que podias vir connosco.

( Inês ): Sim, com os nervos até fiz tudo mais cedo. E obrigada pelo convite. Vou aceitar. - disse, com um enorme sorrido. Era a nossa primeira " saída".

( Liam ): Fico feliz, então.
                                                                ****
Depois dessa noite ficámos muito amigos. Falamos todos os dias e cada vez gosto mais dele. Os outros rapazes da banda também eram simpáticos, mesmo muito. O problema é que agora eles têm imensos concertos, assim como eu e raramente podemos estar juntos, mas sempre que posso, vou aos concertos deles, ouvir a voz de anjo do Liam.  Hoje tinha um concerto. Os bilhetes para este esgotaram em poucos segundos, o que é fantástico. Estava tão nervosa. Agarrava fortemente no fio da sorte que o Liam me deu há uns dias atrás. Mal subi para o palco ouvi a enorme multidão a gritar pelo meu nome e a bater palmas. Adorava esta vida.  Mal acabei o concerto, ainda estive a tirar fotos com alguns fãs e segui de imediato para os bastidores, para trocar de roupa. Além de ver o meu reflexo, vi o do Liam também, virando-me completamente para ver se era só fruto da minha imaginação.
( Inês ): Que estás aqui a fazer? - disse, levantando-me de imediato da cadeira.

( Liam ): Vim ver o teu concerto. Achas mesmo que ia faltar? - disse abraçando-se a mim. - Foste espetacular, Nês. - deu-me um beijo na bochecha. - Mas quero tornar esta noite ainda melhor! - esta ideia " assustou-me ".

( Inês ): Não estou a perceber. - disse, surpreendida.

( Liam ): Amo-te. - disse, dando-me de seguida um beijo. Finalmente a única palavra que eu mais desejava ouvir dele, saiu e foi dirigida a mim. - Aceitas namorar comigo ? - eu estava sem reação. Apenas o beijei.

( Inês ): Isso dá para responder? - disse, colando a minha testa à dele. Sou agora uma das raparigas mais felizes no mundo.
                     
Não gostei muito do que escrevi mas espero que tu gostes! x

2 comentários:

  1. Não gostast?! Nem eu! Pois não! Eu AMEI!!!!


    Lindooo!!!! agora vou sonhar com isto tods os dias!!!


    <3<3

    ResponderExcluir