30 de abr de 2012

PARABÉÉÉÉNS :)

A minha querida Nokas Miranda faz anos, agradecia que lhe dessem os parabéns :) x

2. A saída ( Parte II )


( Lara )
O Louis saiu do quarto e fui logo tomar banho e arranjar-me. Começo-me a lembrar dos momentos que passámos quando éramos pequenos.Ele era a minha paixoneta de criança.

Flashback on.
( Louis ): Oh, adoro quando tu e a minha prima vêm cá a casa? Gosto muito da tua companhia.
( Lara ): Ainda bem, Lou. Gosto muito de ti.
( Louis ): E eu de ti. Olha ... - ele baixou a cabeça, envergonhado. - Não queres namorar comigo?
( Lara ): Claro que quero. - toquei nos seus lábios com os meus, não sabia beijar.
( Louis ): Agora vamos ficar felizes para sempre e ter muitos filhos!
( Lara ): Claro !!

Flashback off.

Memórias que nunca se apagam, tais como as que tive com o Zayn. Será que ele namora? Será que me esqueceu? Eram estas as perguntas que ecoavam na minha cabeça. Precisava de obter resposta. Os meus pensamentos foram interrompidos pelo Louis, que entrou no quarto.
( Louis ): Então, pronta? - perguntou.
( Lara ): Vejo que ainda não te livraste desses suspensórios. - os suspensórios que ele estava a usar eram uns que lhe tinha oferecido quando ele fez dez anos. Reparei que eram esses porque tinha " L & L " numa parte.
( Louis ): São os suspensórios mais lindos que eu tenho. - respondeu-me com um enorme sorriso.
( Lara ): Eu gostei mesmo deles quando os vi, lembro-me que pensei logo em ti.
( Louis ): Isso é muito bom. E tu ainda usas a pulseira ? - ele estava a referir-se duma pulseira que eu, a Diana e ele tinhamos. Eu não respondi, apenas mostrei o meu pulso com a pulseira posta.- Gosto disso.
( Lara ): Os outros já estão preparados?
( Louis ): Ah pois, quanto a isso ... vamos só nós os dois, não te importas, certo?
( Lara ): Oh, claro que não. Até vai ser bom. - saímos do quarto e passámos pela sala, onde estavam todos. - Pessoal, nós vamos sair!
( Louis ): E não esperem por nós para jantar.  - o Zayn olhava-nos mas mal olhei para ele, revirou o olhar.

( Zayn )
Louis e Lara, Lara e Louis, era algo que não me agradava. Como pôde ela ter-me feito isto? O quanto eu sofri, o quanto eu chorei ... Ela nem me perguntou se queria vir com ela. Dir-lhe-ia que sim, provavelmente. Vê-la de novo despertou em mim as mesmas emoções que me despertara quando a conheci.
( Harry ): Zayn, concordas? Zayn?! - disse, dando-me um pequeno murro no braço.
( Zayn ): Ah? Que foi? - eu estava totalmente à nora.
( Liam ): Concordas ou não?
( Zayn ): Com o quê?
( Niall ): Vir connosco à piscina.
( Zayn ): Vocês sabem que eu não sei nadar, não insistem.
( Ilídia ): Não sabes nadar ? - eu apenas acenei negativamente com a cabeça. - Então hoje é o teu dia da sorte. Aqui a nossa Inês deve ser a melhor nadadora que conheço. Ela podia dar-te umas aulinhas.
( Inês ): Quem? Eu? - perguntou, espantada.
( Chana ): Verdade. Nadas muito bem, Nês, aposto que não te importavas de dar umas aulas ao nosso novo amigo.
( Zayn ): Olha que não me importava nada, a sério.
( Inês ): Eu também não, se é para ajudar.
( Diana ): Podem ir já treinar na piscina em vez de ir para a Municipal.
( Zayn ): Obrigado, Diana. Vou arranjar-me.
( Inês ): Subo contigo, então.

( Diana )
( Ilídia ): Será que temos um novo par ? É que já é a Lara e o Louis, a ver se hà outro.
( Diana ): Não te fies nisso, a Lara gosta do Za... - parei antes que dissesse algo que não devia.
( Harry ): Gosta de quem?
( Diana ): Ai, não sei, não sei. Não têm fome, não?
( Chana e Niall ): Já sabes que sim ! - entreolharam-se os dois e desataram a rir-se.
( Liam ): Perfeitos um para o outro, estes !
( Diana ): Há pizza no forno, podem ir buscar. - ambos se levantaram e foram para a cozinha.
( Ilídia ): E o que vamos fazer hoje?
( Harry ): Não tenho nada programado.
( Liam ): Nem eu.
( Diana ): Agora já têm ... vamos ao bowling!
( Ilídia ): Gosto da ideia.
( Liam ): Pronto, então está decidido.
( ... )
Sei que está uma completa porcaria, peço desculpa! Continuem a comentar. São os comentários que me fazem continuar com a fic. xx

29 de abr de 2012

Leiam, que eu quase chorei o.O

Dois de Dezembro foi quando eu nasci. Mal sabia o que me esperava naquela altura. Era um bebé normal, como todos os outros. Tinha os meus brinquedos, tinha os meus DVD's de vários bonecos. A minha mãe teve-me aos vinte e um. Casou-se no ano anterior com o meu pai. Eram felizes, mas graças a um problema mental, o meu pai começou a bater na minha mãe, ou melhor, queria-me bater a mim, mas a minha mãe defendia-me. Era um bebé, como devem calcular, não gostava daquela situação. Chorava ao ver aquilo, o que enervava mais o meu pai. Tinha eu três anos, quando se divorciaram. Não mantive contacto com o meu pai, apenas sei que se chama Mário e que o odeio. Ele foi para Lisboa, onde agora mantém uma vida, com mulher e filhos. Sei que tenho vários meios irmãos, mas nunca os conheci. A minha mãe começou a sair com um amigo da escola e apaixonaram-se um pelo outro. Agora, ele é meu padrasto e tenho uma meia irmã de sete anos que tenho de aturar todos os dias. Lembro-me quando era pequena e eu ia sempre ao Eleclerc, que era o hipermercado mais perto de minha casa sempre comprar brinquedos com o meu padrasto. Andava na primária à frente de minha casa. Como todas as pessoas, tive aquelas pequenas paixonetas. Os meus colegas nunca gostaram muito de mim. Depois, fui para o ciclo ( quinto e sexto ano ). Aí comecei a ganhar mais amigos, mas tudo se desmoronou no sétimo e no oitavo, quando fui vítima de bullying. Tive duas melhores amigas aí, comecei a dar-me com mais gente, e graças a tudo o que eu passei, reprovei de ano, não conseguia aguentar o trabalho que me davam quando a minha mente estava cheia de momentos horríveis. Lembro-me que me cortava imenso nos pulsos e que estive quase a suicidar-me. Fui para uma turma nova e queria causar boa impressão e deixar para trás tudo o que me tinha acontecido até esse momento. Comecei-me a dar muito bem com muitas pessoas, que agora já não me dou, que me odeiam. No dia 21 Dezembro de 2010 faleceu-me a madrinha, por causa daquela maldita doença da qual muita gente sofre, o cancro. Senti-me muito mal, pois já  a minha avó tinha falecido dessa doença, quando eu tinha apenas dois ou três anos, logo não me lembro muito bem dela. Em Janeiro de 2011 comecei a gostar de um rapaz que começou a ser meu amigo a partir do momento que soube a paixão que sentia por ele. A namorada odiava-me, mas eu comecei a falar com ela e somos bastante amigas e até agora ainda gosto dele. No Verão passado comecei a conhecer mais gente, da qual me arrependo de ter conhecido, visto que me fazem sofrer. Ainda agora me chama de gorda, mas não tenho culpa, visto que tenho problemas que me fazem engordar. Recentemente, no dia 17 de Abril o meu avô faleceu de cancro da próstata. Era sem dúvida a pessoa mais culta que eu conheci. Ele este na Segunda Guerra Mundial, viajou por vários sítios. Sempre me tratou bem. Lembro-me até de que numa Quinta - Feira, eu fui visitá-lo ao hospital onde ele estava. Estava muito fraco, nem cinquenta quilos devia pesar e ele sempre foi um homem cheinho. Ele fez-me perguntas sobre como se calculavam as àreas dos triângulos e assim. Eu, pessoalmente, nunca fui boa a matemática desde o sétimo ano, mas mesmo assim, esforcei-me para responder correctamente. Ele sempre teve um cerébro muito bom. Era inteligente. Pois bem, na  Terça da morte dele, eu estava a sair da escola. Ia com um colega para casa, visto que somos vizinhos. Liguei o telemóvel e vi que que tinha muitas chamadas perdidas da minha mãe e da irmã do meu padrasto. Liguei de volta, mas não obtive resposta da minha mãe. Decidi então ligar à irmã do meu padrasto, que logo atendeu. " Já estás com o meu irmão?" , perguntou-me. Eu respondi negativamente e mal me virar para trás vi o meu padrasto. " Já estou com ele, já o vi" - disse-lhe. O meu padrasto estava sério, mas ao mesmo tempo um pouco triste. " O teu avô morreu" - foi o que me disse e de seguida abraçou-me. A escola onde eu ando fica nem a um kilómetro da igreja onde estava a minha família toda reunida. Quando cheguei, vi os meus tios que me vieram abraçar dizendo " Saíste agora da escola?" eu acenei positivamente com a cabeça. Mal vi a minha mãe, veio ter comigo. No banco da frente, estava a minha tia e a madrasta da minha mãe. Na minha família ninguém gosta dela, diz-se que é bruxa, mas eu não sei, nem quero saber. No dia seguinte, estava eu na escola, com os meus amigos, que mal souberam vieram dar os seus sentimentos. Toda a gente que soube da morte, veio ter comigo. Tenho mais para contar, mas isso fica para a próxima.

Gostei de ver, sim senhor :)

E vocês ? Também as apoiam ?
E já agora, quem quer o próximo capítulo ? :) xx

26 de abr de 2012

Andam-me a perguntar que blog é que copia o da Katia ..
Como devem calcular isso não é algo que possa ser dito assim, desculpem xx

25 de abr de 2012

2. Saída ( Parte I )


(Diana)
Acordei com o som do despertador. Esqueci-me de o desligar e por isso tocou as horas normais de escola. Quando o desliguei, dei voltas e voltas à cama, mas não consegui adormecer outra vez. Decidi então, levantar-me. Acho que vai ser divertido passar o Verão com tanta gente aqui em casa, o que me deixa entusiasmada e ao mesmo tempo preocupada, porque sinto que a Lara não está à vontade com o Zayn, mas não sou eu que tenho de resolver isso.
(Lara): Diana, tu estás tolinha? Já vistes as horas? – resmugou, sentando-se na cama, onde antes estava deitada.
(Diana): Desculpa, o despertador tocou e não consegui voltar a adormecer. - desculpei-me.
(Lara): Fazes mais barulho que ele, visto que nem o ouvi a tocar. - esta rapariga é mesmo mal disposta de manhã, mas , por sorte a minha, isto depois passa. Ela voltou-se a deitar e eu revirei os olhos. Desci.
(Diana): AAAAAAAAAHHHHHHHHHHH- gritei voltando a subir as escadas e escondendo-me um quarto qualquer. Nem dei conta de quem estava lá.
(Liam): Quantos são? - disse levantando-se de um salto. - Eu sei lutar boxe… - Era o quarto do Niall e do Liam, pelos visto.
(Diana): Liam, quanto ao número isso eu não sei mas um deles esta no meu sofá despido a ver televisão e também ouvi barulhos de panelas. - disse, completamente assustada.
(Liam): Espera… disseste despido?
(Diana): Sim , mas o que é que isso interessa, não sabes boxe ? Vai salvar o dia! - ele parecia mais calmo, mas eu continuava assustada. - Ai jesus e as outras?! Tenho de as avisar!
(Liam): Diana, tem calma.- disse ele às gargalhadas. – E só o Harry e as panelas deve ser o Niall, já não esta deitado, para variar deve estar com fome. – disse rindo ainda mais alto. Ele saiu do quarto e eu acompanhei-o. Estava completamente assustada e para ajudar, a Inês e a Chana saíram do quarto todas aflitas.
(Inês): Gritas-te? Que se passa?
(Chana): Diz-me que não roubaram toda a comida. - disse muito aflita. Apercebi-me que o seu maior amor era a comida.
(Liam): Meu deus, isto é o destino! - com esta sua afirmação, ficámos um pouco confusas a olhar para ele. Neste momento aparece o Niall ainda de frigideira na mão.
(Niall). Eu sei que já foi há algum tempo mas não podia deixar o meu pequeno almoço esturricar, alguém gritou, que se passa?

( Diana ): É bom saber que a minha segurança é inferior ao teu pequeno almoço ... - os outros acabaram por sair também dos seus quartos para saberem o que passava. Menos  o Zayn e a Lara.  Esses continuavam nos seus quartos, provavelmente não foram acordados pelo meu grito.
Aproveitei e contei a história a todos assim não tinha que me repetir, a Chana, que parecia que não comia há dias, comeu o bacon quase todo do Niall. Este pareceu ficar um pouco chateado, mas acabou por sorrir.
(Diana): E foi isto. Peço desculpa por vos ter acordado.
( Harry ): Desculpa .. - disse ele um pouco envergonhado. Ele agora já estava com uns boxers.
(Lara): Ahah, Harry Styles despido no sofá faz fã entrar em desespero e gritar perante tal vista. - disse num tom juncoso, descendo as escadas, ainda de pijama.
(Diana): Oh Lara. Desculpa, Harry.

( Harry ): Desculpa eu, não me deveria ter despido.

( Inês ): Deve ter sido o pedido de desculpas mais estranho que já vi.

(Diana): Tapa-te, já agora. - disse, atirando-lhe  com uma manta que tinha noutro sofá. – quero falar contigo. - disse de costas para ele, indo para o hall.
(Harry): Podes virar-te, estou vestido. - disse, ele quando chegou ao hall.
(Diana): Pois sobre isso, desculpa, mas não estou habituada a ter gente a ver televisão despida em minha casa e ainda para mais com o barulho das panelas na cozinha fiquei assustada, achei que estávamos a ser assaltados ou coisa parecida.- senti-me uma pessoa ridículo naquele momento.
(Harry): Ó, desculpa tenho de pedir eu! Quando estou com os rapazes, fico à vontade e dispo-me, mas esqueci-me que não estava só com eles. Tenho de ter  em conta que isso te deixa desconfortável! Mas, mudando de assunto ... vamos tomar o pequeno-almoço? Espero que ainda tenha restado alguma coisa.
(Diana):  Acho que o que restou foi comido pela Chana, eles diviram.
(Harry): Espera, o Niall dividiu comida com uma pessoa? Bem, está apanadinho. Sendo assim, temos de fazer mais comida.
(Diana): Vou chamar as outras e comemos todos juntos!
(Harry): Aposto que eles já se trataram de si, vamos só nós os dois. - disse ele, estendendo-me a mão para irmos para a cozinha. Entretanto apareceu lá o Louis.
(Louis): Bom dia, Diana. Bom dia, Harry.
(Diana): Estás muito bem disposto, primo. - disse, cumprimentando-o com dois beijos.
(Louis): Pois claro, dormi mesmo bem. E, apetece-me passear, que dizem?
(Harry): Vai tu, Boo Bear. Eu e a Diana ficamos aqui. - disse-lhe ele, fazendo um sinal qualquer que eu não percebi.
(Louis): Oh, vocês não vêm ?
(Diana): T enho uma ideia. - disse sorrindo.- Mas primeiro, o Harry e eu vamos tomar o pequeno-almoço, os dois. - respondi, dando prologando " os dois" .
(Louis)
Foi impressão minha ou o Harry e a Diana estavam como que a tentar expulsar-me da cozinha? De qualquer maneira, fiz-lhes a vontade e fui ao quarto da Diana, que era onde estava a Lara.  Pretendia sair com ela. Bati à porta e não demorei a obter resposta.
(Lara): Entra!
(Louis): Bom dia! - disse, entrando do quarto.
(Lara): Bom dia, Louis . - respondeu-me, com um enorme sorriso. - Precisas de algo?
(Louis): Por acaso até preciso. Queres vir dar um passei comigo ? Está um dia tão lindo. - disse, olhando para a janela.
(Lara): Vamos todos?
(Louis): Ainda não falei com os outros, vim logo falar contigo.

(Lara):  Duvido que haja gente que queira estar na minha companhia.  – disse ela, murmurando.
(Louis): Que disses-te?- preguntei , não tinha a certeza do que tinha dito.
(Lara) Disse que por mim esta combinado. - respondeu. - A Diana? Não a vejo desde aquele bonito episódio com o Harry.
(Louis): Ui, esses estão lá em baixo, a tomar o pequeno-almoço , só os dois …

( Lara ): Isso promete.  Promete mesmo. Olha, Louis, vou-me vestir. Espera por mim lá baixo, sim?

( Louis ): Sim, claro! Até já!
( ... )

Obrigada pelos comentários meninas. São sempre uma fonte de inspiração para continuar com a fic : ) Não se esqueçam de comentar, beijos *

21 de abr de 2012

1. A chegada ( Parte V )


Juro que o meu coração de partiu aos bocadinhos quando ele disse aquilo. Foi uma sensação horrível por que eu nunca tinha passado. Ele subiu, deixando-me sozinha com o Louis. Ao fundo da piscina estava a Inês e a Chana e noutro canto estava o Niall. A Inês estava ocupada a olhar para o Louis e a Chana para o Niall.
( Lara ): A minha amiga Inês está a olhar muito para ti. - disse.
( Louis ): Ahah, não é o meu tipo.
( Lara ): Ah ... - respondi.- Olha, vou-me deitar, Louis, já se faz  tarde e estou um pouco cansada.
( Louis ): Eu subo contigo. - disse, saíndo da piscina comigo. - Até amanhã, pessoal.
( Niall ): Até amanhã.
( Chana ): Durmam bem!
( Inês ): Chau.
Antes de ir para o quarto da Diana, que era onde eu ia ficar, o Louis despediu-se de mim.
( Louis ): Até amanhã, dorme bem.
( Lara ): Igualmente, Louis. - disse, indo para o quarto. A Diana estava já na cama, mas ainda estava acordada. Olhou para mim e eu apercebi-me de tudo. - Nem me digas nada, Diana. Estou tão mal.
( Diana ): Nunca pensei, Lara. Reparaste como ele olhava para ti?
( Lara ): Reparei, estava na piscina com o Louis e ele não para de olhar para nós.
( Diana ): Ainda gosta de ti.
( Lara ): Não deve ser possível. Passaram dois anos, Diana. E aposto que deve ter namorada, ele é famoso, não é ? Pronto.
( Diana ): Não gostas dele?
( Lara ): Não estou preparada para responder a isso, Diana. Sinto-me mesmo mal. Ainda por cima ele vai passar cá as férias, estás a imaginar? Todos os dias encarar a cara dele. Mas mudando de assunto ... reparei nos olhinhos que  o Harry te mandava.
( Diana ): Mas tu estás maluca?
( Lara ): Vais dizer que não gostaste de o conhecer?
( Diana ): Claro que gostei. É simpático e querido ...
( Lara ): Esquece, estás apanhada.
( Diana ): Dorme. - disse, atirando-me com uma almofada.
( Lara ): Muda de assunto, muda.
( Diana ): Que parva. Conta-me as novidades.
( Lara ): Novidades?
( Diana ): O clima entre ti e o meu primo, pensas que não reparei?
( Lara ): Ahaha, agora a parva és tu.  A Inês é que deve gostar dele, visto que não deixa de olhar para ele. - a Diana não respondeu. - Diana, estás acordada? - ela tinha adormecido.

Ana Nogueira, dedico-te o capítulo, como prometido :)x

20 de abr de 2012

Meninas, por favor, repito, por favor visitem este canal de youtube. youtube.com/Dimake11 .
Tem vídeos de outfits e maquilhagem, eu gosto muito.
Sigam no twitter: @Dimake11, e a mim também: @LaraI1D ( seguimos de volta).
QUEM QUER O NOVO CAPÍTULO HOJE ?:)

19 de abr de 2012

-.-

Acho que mete bué piada as pessoas andarem a imitar os blogues umas das outras.
Não falo do meu, mas sim do blog da Katia, vocês devem saber quem é.
Por favor, parem ;)

18 de abr de 2012

Mais uma vez.

Pessoal, eu gostava de manter contacto com vocês, aqui no blog não dá muito bem :x
Por isso, quem quiser que mande o seu facebook ,mail ou twitter que eu adiciono :)
Se não quiserem que não aceite o pedido é só dizer.

AQUELE MOMENTO QUE AQUELE RAPAZ QUE ESTÁ AO LADO DO HARRY USA RISCAS.


17 de abr de 2012

1. A chegada ( Parte IV )


( Chana ): Então vem comigo ou não?- disse impaciente
( Inês ): Claro! Diana queres vir?
(Diana):Não obrigada – disse distraída, vendo qualquer coisa no seu telemóvel.
(Chana e Inês): AFASTEM-SE!! – gritaram atirando-se para a piscina.

(Diana)
Aproveitei o facto de tecnicamente estar sozinha para ter o meu momento de descanso e ouvir as “minhas” músicas, comecei a cantar baixinho, para que ninguém desse por isso, quando ouço passos na minha direção. Apreço-me a desligar a música e depois fui completamente molhada ….
(Diana): Tu acabas-te de sacudir o cabelo para cima de mim?- disse sem saber muito bem se havia de rir ou ficar irritada, decidi-me pelo que acabo sempre por fazer , rir.
(Harry): Yup, já que não vens a piscina connosco, digamos que a piscina veio até ti – disse com um sorriso enorme.
(Diana): Agora que já estou molhada, vou vestir o pijama ..
(Harry): O quê ? Já? Nem dez da noite são.
(Diana): Assim fico mais a vontade.
(Harry): Bem, tendo em conta que vais ter que tirar a roupa e uma vez que já estas molhada …- fez um sorriso que possivelmente lhe deu a entender tudo, uma vez que os olhos dela ficaram muito arregalados, deu para perceber bem a cor dos seus lindos olhos.
(Diana): Oh não Harry, tu não estas a pensar…- não me deu tempo de acabar de falar, agarrou em mim ao colo olhou nos meus olhos e simplesmente me disse…
(Harry): Ai isso é que estou.- Disse atirando-nos aos dois para dentro da piscina.

 (Ilídia)
Chamem-me oferida ou outra coisa qualquer, mas eu nunca tive dificuldades a falar com rapazes, então se forem giros , melhor ainda , mas mal entrei para a piscina e dei com o Liam sem camisola que estou a tentar falar mas … tenho a garganta bloqueada por uma grande bola , o rapaz é simpático , inteligente, giro e ainda para mais ele tem muitos bons atributos!
(Liam): Estás a fazer o que?- perguntou-me, interrompendo os meus pensamentos.
(Ilídia): Estava a pensar, que como já é um pouco tarde , vou tomar um banho e ir para a cama. - menti-lhe, saindo de seguida da piscina. Sentia as minhas pernas a tremerem, não sei porque motivo.
(Liam): Espera, eu subo contigo , também já estou um pouco cansado de piscina – disse sorrindo.
(Ilídia): Vamos, então. - um sorriso sincero formou-se nos meus lábios.

(Diana)
( Diana ): Explicas-me porque é que ainda estou ao teu colo? – perguntei um pouco nervosa ao Harry.
(Harry): Não sei muito bem, para ser honesto. - respondeu-me. - Mas se quiseres, largo-te.

( Diana ): Obrigada. - disse, quando ele me largou. - Estou um pouco cansada, por isso o melhor é ir-me deitar. - disse.
( Harry ): Queres que vá contigo?

( Diana ): Não, obrigada. Fica aí com o Zayn, que está com cara de sei lá o quê.

( Harry ): Realmente ...  - disse, olhando para Zayn. - Ele olha muito para a tua amiga que está entretida com o Louis. - disse. - É como se conhecessem ...  estranho.

( Diana ):  Pois ... - disse. Naquele momento não podia dizer nada. - Eu vou indo, então. Até amanhã.

( Harry ): Até amanhã . Dorme bem ... - disse-me. Apenas lhe lancei um sorriso e subi.

( Lara )
Estava-me a divertir imenso com o Louis, sinto é pena de não me lembrar de estar com ele quando era mais pequena, mas isso não é problema. Agora, que estamos " juntos " outra vez, dá para reviver esses momentos todos. O Zayn estava a olhar-me como se a culpa fosse toda minha .. e talvez era. Passo a explicar, que já deve estar na altura. Estávamos no Verão de 2010, eu tinha-me mudado para Bradford, e nunca deixei de manter o contacto com a Diana. Conheci um rapaz que vivia na seguinte rua. Apaixonei-me por ele. Infelizmente tive de voltar para Londres, mas a nossa relação continuou bem. Visitas por aqui, visitas por além, até que eu tive de ir para Portugal. Foi aí que eu tudo acabou. Vim-me embora, sem lhe dizer nada. Achei que era mais fácil, sabia que iria sofrer muito mais se tivesse falado com ele. Ele soube pela Diana, e desde a minha ida que não falamos. Vou ser honesta e dizer que ainda não o esqueci, porque foi uma das pessoas que mais me marcou, mas não digo que goste dele, porque estaria a mentir se o fizesse.
( Louis ): Conheces o Zayn? - perguntou, sorrindo.
( Lara ):Sim, é famoso.- disse, inventando uma desculpa.

( Louis ): Pois, claro ... mas conhece-lo, foram amigos ou assim?

( Lara ): Ah, não, não!

( Louis ): Ele está a olhar tanto para aqui. - disse. - Ó Zayn, chega aqui. - gritou, fazendo com que o Zayn viesse ter connosco.

( Zayn ): Sim?

( Louis ): Esta é a Lara. - disse.- Não a cumprimentas?

( Zayn ): Oi. - disse-me, secamente.

( Lara ): Olá.
( Zayn ): Louis, eu vou para quarto, estou cansado. Parece que o passado me veio bater à porta.

( ...)

Desculpem por só por o capítulo, mas cheguei há pouco. Tive uma perda familiar, e estava sem ânimo para continuar o capítulo.

16 de abr de 2012

1. A chegada ( Parte III )


( Inês )
Sabia que estas férias iriam ser bem aproveitadas, mas depois de saber que a Diana é prima de um rapaz lindo, de olhos azulados com um lindo sorriso, ainda fiquei a acreditar nisso. Quando formos jantar, estava a arranjar pretexto para falar com ele.
( Inês ): Louis, podes passar-me a salada?
( Louis ): Sim, claro! - ele pegou na taça, e deu-ma . - Toma.
( Ilídia ): Já reparaste na tenção entre aqueles dois? - sussurou-me, " apontando" para a Lara e um rapaz com uma crista, pelo que percebi, Zayn.
( Inês ): Não sei, depois perguntamos.
( Mãe ): Diana, querida, o teu primo e os amigos ficam cá nas férias, esqueci-me de te dizer. Como no teu quarto tens um beliche, uma das tuas amigas tem de dormir contigo, para termos os quartos suficientes.
( Lara ): Eu fico, tia. Não se preocupe.
( Louis ): Tia, mas uma vez obrigado por nos receber. Não é toda a gente que recebe o sobrinho e quatro amigos tolinhos, haha.
( Mãe ): De nada, querido. Eu até gosto de ter a casa cheia de gente.
( Harry ): Podes-me passar a cola ? - perguntou para a Diana, que lhe deu a cola toda nervosa como se estivesse perante um rei ou assim. - Obrigado. - disse ele, ela apenas sorriu.
( Zayn ): Esta comida está muito boa! - elogiou.
( Lara ): Tu gostas muito dessa comida. - disse, mas parece que disse algo de mal, e tentou remediar. - Estava a perguntar... - disse, ele apenas revirou o olhar, não percebo porquê .

( ... )
Depois do jantar, fomos para o jardim, onde está a piscina. Nós as raparigas ficámos nas esperguiçadeiras, enquanto que os rapazes estavam com os pés dentro de água.
( Louis ): Queres vir à àgua ? - perguntou à Lara.
( Lara ): Porquê não ? - disse, tirando a roupa, ficando de biquini.
( Inês ): Fuck, podia-me ter pedido a mim. - disse, à Chana.
( Chana ): Tem calma, vens comigo.

( Lara )
Não sei o que me deu, mas no jantar foi como se tivesse falado com ele. Obviamente ele nem me ligou, mas depois do que aconteceu ... acho que é normal. Mas eu não queria que as coisas ficassem assim. O que eu fiz foi o que me pareceu ser o mais certo para não sofrer.

Sei que está pequeno. Obrigada a todas pelos comentários, gosto muito de os ler =)

15 de abr de 2012

Sigam =)

Pessoal, podem-me seguir no twitter? :D

@LaraI1D , eu sigo de volta :) x

Please ?

Meninas, olá :)
Eu queria pedir-vos uma espécie de favor ...
Podiam comentar os blogues que gostam ( que tenham fics deles, famosos ou não )?
Preciso de ler novas fics, e de seguir uns blogs :p
Para não vos dar trabalho para nada, vou dizer as fics que já leio, para não mandarem estes links.

- Katia.
- Liis.
- Dri.
- More than this.
- Moments.
- Stole my Heart.
- I wish ( Rapariga dos Caracóis )
- Filipa e Raquel.
- Cristiana e Catarina.
- Rita ( Hate That I Love You)
- Let me love you ( Mary )
- Nokas Miranda.
- Dream With Reticence
- Alice.
- ~ One Direction <3
- My world .
- One Direction Portugal.
- Maybe Possibly
- I Want ( da menina que tem o inspirationteenagerlife )
- Black & White.
- Leio da menina que tem a história que o Liam é o irmão que não via há muito.
- Li$a e OneDForever.

Mandem, sff =)

2. A chegada ( Parte II )


(Lara)

Nem conseguia acreditar no que estava a ver. Eu conhecia-os de algum lado, mas o do cabelo escuro conhecia-o bem, era o Zayn. Não sabia bem como reagir, limitei-me a olhar para a Diana como que gritando por ajuda com o olhar…


(Diana)

Olhos arregalados, joelhos fracos e mãos tremelicantes, foi assim que fiquei quando aqueles olhos esverdeados olharam diretamente nos meus… não sou particularmente fã deste quinteto musical que dá pelo nome de One Direction, e muito menos pus algum dia a hipótese do meu primo (sim sou prima do Louis, vê-se no nosso apelido, somos primos direitos) trazer cá os restantes companheiros da banda , mas neste momento tinha os olhos pregados num deles, aqueles caracóis, os olhos , estavam a impedir que me concentrasse e me lembrasse do nome dele… eu sabia…as miúdas lá da escola são fãs dele… fui chamada a terra através do olhar da Lara que queimava em mim! Ups! A mãe não poderia adivinhar  o que se passara,  muito menos o meu primo sabia que a Lara ia estar cá…o que é que eu faço agora?
( Mãe): Mas vocês ainda estão na entrada? Venham para a sala , tirem os casacos e ponham-se a vontade… Diana? Já cumprimentas-te o teu primo? E já apresentas-te os meninos as tuas amigas? – disse, vindo da cozinha.

No meio desta troca de olhares e da cena do Zayn e da Lara esqueci-me delas… elas pareciam que nunca os tinham visto…olhavam  para eles como se lhes fossem…desconhecidos. Isso era bom, farias os rapazes  sentirem-se mais à vontade.

(Diana) : Olá Primo! – disse, enquanto lhe dava dois beijos na face. – Se soubesses que eras meu primo, tinha ido buscar o tapete vermelho!
 ( Louis ): Continuas engraçada, pequena.- disse ele com um enorme sorriso. – Nem acredito que não te lembras de quando brincávamos  em minha casa, em Doncaster. Mas também é normal, visto que não nos vimos desde os teus ricos dez anos.
 ( Diana): Sendo assim, já tenho uma desculpa para esta falha de memória. Mas bem, passo às apresentações. Esta é a Chana, a Ilídia, a Inês e a Lara. – disse à medida que ia apontando. – A Lara já deves conhecer.
( Louis ): Não me acredito, Lara? És mesmo tu? Como cresceste! – disse, vindo ter comigo.

( Lara ): Louis, gostava muito, mas não me consigo lembrar de ti.! – disse.
( Louis ): Oh, estás como a minha prima. Não te vejo desde que te mudaste para Bradford. – reparei que quando ele disse isto, o Zayn e ela se entreolharam.
( Lara ): Sim, mas depois voltei para Londres, e depois fui para Portugal. Vim cá passar o Verão com elas. – disse ela apontando para a Inês, a Chana e a Ilídia


( Chana )

Reparei que a Ilídia já estava a mandar olhos a um de cabelo acastanho meio ondulado.
 ( Ilídia): E não é que são mesmo giros?! – disse, dando-me uma cotovelada.- Aquele ali ao pé do Louis e mesmo giro.

 (Chana): De onde é que eu conheço o loiro? Ergh, já o vi não sei aonde.
( Inês ): Pois, tu conheces toda a gente … Giro giro é mesmo primo dela.
(Louis):  Caso não nos conheçam, eu sou o Louis, Zayn, Niall, Harry e Liam. – disse ele, dando-me a oportunidade de saber como se chama o loirinho, Niall.

( Chana ): PLIM! – ficaram todos a olhar para mim, a questionarem-se o porquê de eu ter dito aquilo.- Não ouviram? O forno fez plim, a comida já está pronta e

( Niall e Chana ): Estou com fome!  - ficaram todos a rir-se com a nossa informação.

(Diana)


Chama-se Harry. O dono daqueles lindos e esverdeados olhos chama-se Harry. É o famoso Harry Styles, aquele que tem milhões de raparigas a gritarem  o nome dele por um beijo, um abraço ou um autógrafo. O clima entre a Lara e o Zayn estava pesado. Paço a explicar, eles namoraram quando ela foi Bradford, mas depois ela voltou para Londres, e de seguida foi para Portugal. Podemos dizer que o Zayn foi o primeiro amor de Lara, e como devem calcular  ninguém se esquece do primeiro amor. Harry não consigo deixar de olhar para ele.


(Lara)


O Zayn ele está aqui, e  está feliz. Não o vejo há quase dois anos. Não mantive contacto com ele desde que aquilo aconteceu. A Diana percebeu-se da situação, para além de nós os dois, ela é a única que sabe da história. Mas mudando de assunto não me lembro do Louis, o que é pena, porquê acho que ele é mesmo lindo.
Como podem ver, já pus a primeira parte do primeiro capítulo, quem quiser a segunda que diga :D

14 de abr de 2012

1. A chegada ( Parte I )


( Lara )
Era hoje. Ia para Londres, onde iria rever a Diana, uma amiga minha de há muito tempo. Ia eu e mais três amigas, a Inês, a Ilídia e a Chana. Eu vivi em Inglaterra por uns tempos, quer dizer, sou inglesa, mas os meus pais mudaram-se para Portugal, devido a uma irrecusável proposta de trabalho. Foi aqui que conheci aquelas três. A Diana, que veio passar cá as passadas férias de Natal, engraçou com elas, e ficaram muito amigas. Peguei nas minhas malas, e fui em direcção ao aeroporto. Quanto aos meus pais, eles morreram, sou orfã, vivo sozinha, já tenho idade suficiente para tal.  Lá estava a Inês, aquela magricelas de quem eu gostava imenso. Estava, obviamente, acompanhada pela Chana e pela Ilídia. Mal me viram, vieram a correr ter comigo.
( Chana ): Preparada ? Londres espera por nós.
( Ilídia ): Londres. - disse, soltando um suspiro. - Vou a Londres.
( Inês ): Vai ser mesmo lindo.
( Lara ): Pois vai meninas. - disse com um enorme sorriso. - Vão gostar imenso.
( Chanas ): Pelo menos já temos duas guias!
( Senhor ): A viagem a Londres aproxima-se. Façam de subir para o avião, que partirá dentro de dois minutos. Repito, o avião partirá dentro de novos minutos.
( Inês ): É agora, meninas.

( ... )

A viagem foi calma e rápida. Para mim, estas duas horas passaram em segundos, não me posso queixar, visto que tinha o meu Ipod para me acompanhar, para não falar das três compinchas que me acompanhavam. Ao longe avistei uma figura esbelta, média de estatura, cabelos encastanhados. Conhecia bem aquele rosto. Era o rosto amigo que sempre esteve a meu lado. Era a Diana, que mal me viu esboçou um enorme sorriso. Sorriso metálico como lhe costumava chamar.
( Lara ): Diana. - abracei-a com todas as forças. - Diana!
( Diana ): Que saudades, Lara! - disse, retribuindo o abraço. - Olá meninas. - disse, cumprimentando cada uma das restantes com dois beijos. - Chegaram bem?
( Marge ): Sim, felizmente.
( Inês ): Eu pensava que a viagem iria demorar, mas afinal não, e ainda bem.
( Diana ): E chegaram mesmo na altura certa. A minha mãe disse que um primo meu iria lá jantar com uns amigos. - informou. - Iria sentir-me mal estar ali sozinha, mas agora que vocês estão cá já não há problemas.
( Ilídia ): Ui, rapazes! Serão giros?
( Diana ): Isso não sei. Ela diz que os devo conhecer, mas não faço a mínima. Mas vamos. - disse ela pegando em algumas malas, para nos ajudar.

( ... )

Mal chegámos a sua casa, a sua mãe, veio logo ter connosco. Os pais eram divorciados e ela nunca chegou a conhecer o pai.
( Lara ): Tia. - disse, mal ela me abraçou. Devido à aproximidade que eu tinha com a Diana e também com a sua mãe, eu chamava-lhe tia. - Como está?
( Mãe ): Muito bem, querida. Olá, meninas. Sejam bem vindas. - acabou por cumprimentar as outras.
( Diana ): Mãe, nós vamos lá para cima, para elas desfazerem as malas e assim.
( Mãe ): Está bem querida, mas não te esqueças que o teu primo e os amigos vêm cá. - disse, do fundo das escadas. - Quero que não te desarranjes. E vocês também, meninas.
( Diana ): Está bem, mãe. Não te preocupes.

( ... )

A campainha soou. O primo e os amigos já deviam ter chegado. Demos os últimos retoques e descemos.

( Mãe ): Meninas, este é o primo da Diana, e estes são os seus amigos. Vocês devem saber quem são. - disse, apontando.

Quem eu menos esperava ver naquele momento, estava  ali à minha frente ...

Meninas, esta fic também é com os 1D, famosos :) Quero opiniões :)

Esclarecimento.

Tenho andado a ver em alguns blogs que hoje morreu a ex do Niall. Para esclarecer, ela morreu dia 26 de Março ... Xx

1º DESAFIO Dia 1: A tua foto favorita de grupo dos One Direction


Desculpem, vou acabar com a fic .

5.


( ... )
Depois de estarmos arranjados, seguimos para a casa da Eleanor, que era o nossso ponto de encontro.
( Eleanor ): Boa tarde, meninos.
( Lara ): Boa tarde, El.
( Zayn ): Sim, eu também vim ..
( Eleanor ): Ja reparei, Zayn. Não te vamos dar seca, prometo. Mas entrem, não vão ficar aí à porta, os restantes já estão aqui.
( Lara ): Olá a todos.
( Louis ): O Zayn também veio?
( Donna ): Ó totó, se ele está ali é porque também vem.  - apesar dos insultos, a Dora e o Louis adoravam-se, são melhores amigos. A Eleanor e a Donna não gostam muito uma da outra, infelizmente, o que deixa o Louis um pouco triste.
( Harry ): Haha, também tem direito a fazer comprinhas. Tem de comprar um espelho novo.
( Zayn ): Sabes ser mau, às vezes.
( Lara ): Coitadinho do meu menino. - disse, dando-me um beijo na bochecha, em sinal de gozo. Eu e ela somos os melhores amigos.
( Eleanor ): Haha, vamos indo?
( Louis ): Claro, amor. Vamos todos no meu carro?
( Donna ): Sim, vamos lá.

( .... )
Depois das compras, fomos almoçar a um restaurante qualquer de fast food que lá havia.
( Louis ): Isto faz-me lembrar o Niall ...
( Donna ): Mesmo, ele tem andado triste.
( Lara ): Ele gostava mesmo da Beth.
( Harry ): Gostava? Ele ainda gosta.
( Eleanor ): Dizia que ela era a sua princesa.
( Zayn ): Eu cá nunca gostei muito dela. Acho que se notava que andava com ele por interessse.
( Donna ): Mesmo, ser famoso tens os seus contras. Nunca se sabe se a pessoa gosta mesmo de nós, ou é só por interesse, não é Louis?
( Lara ): Donna, acalma-te.
( Eleanor ): Eu nem comento.
( Harry ): Não ligues, El. - o Harry apoiava mesmo muito a Eleanor, mesmo tendo uma enorme paixão pela Donna, desde que a viu.
( Zayn ): Mudando de assunto, o concerto para a semana vai ser lixado.
( Lara ): Porque dizes isso?
( Louis ): Vai ser maior que os outros, temos de fazer mais animações e assim.
( Eleanor ): Vocês são bons nisso, não vai ser um grande problema.
( Donna ): É isso.
( Harry ): E agora onde querem ir?
( Lara ): Se quiserem vir para nossa casa ...
( Donna ): É, viamos um filme e assim.
( Harry ): Conta comigo.
( Zayn ): E comigo.
( Louis ): Já lá estou.
( Lara ): E tu El?
( Donna ): Se ela não quiser vir, que não venha.
( Eleanor ): Eu também vou, Lara.
( Lara ): Óptimo. Vamos, então?
( Todos ): Sim.

( ... )
( Donna ): Que filme querem ver ? - disse, mal chegámos a casa.
( Zayn, Harry, Louis ): TERROR.
( Lara ): É que nem pensem, ainda ontem eu vi um de terror.
( Eleanor ): Por mim tanto me dá.
( Zayn ): Eu protejo-te, Lara.
( Louis ): Claro, ele é o Bradford Bad Boi!
( Zayn ): Eu já não digo isso.
( Harry ): Fala o Swagmasta from Doncasta.
( Donna ): Touché.
( Eleanor ): Eu vou fazer as pipocas.
( Lara ): E eu vou contigo!

Pessoal, eu não sei se vou continuar com esta fic ..

QUEM QUER O PRÓXIMO CAPÍTULO?Quem quiser que carregue no " Estou ansiosa para o próximo" e comente.

11 de abr de 2012

4.


( Bruna ): Não estou a perceber, Liam.
( Liam ): Podemos ir para o teu quarto? Para estarmos mais à vontade..
( Bruna ): Sim, claro. - disse sussurrando-lhe.- Pessoal, eu e o Liam já nos vamos deitar, até amanhã.- disse um pouco mais alto.
( Lara ): Ok, boa noite.
( Zayn ): Vejam lá o que fazem!
( Liam ): Nem comento, mano.

( ... )

Fomos para o meu quarto, tal como ele tinha pedido. Ele sentou-se na cama.

( Liam ): Bruna ... - disse, fazendo gesto para me sentar ao pé dele. - Como hei-de eu dizer isto? - eu olhava para ele, para os seus olhos castanhos que sempre me deslumbraram.- Eu gosto de ti. Não só como amigo. Algo mais, percebes? - eu fiz um gesto com a cabeça.- Não penses que goste de ti hà dias ou assim. Desde o início que engraçei contigo, e pronto ..
( Bruna ): Até parece que não sabes o que sinto por ti.
( Liam ): Os rapazes sempre disseram, mas com eles ... não sei se era brincadeira ou não.
( Bruna ): Não era, Liam. Gosto mesmo muito de ti. Apenas nunca te disse porquê não sabia como irias reagir, e tinha medo que a nossa amizade se acabasse.
( Liam ): Nunca se vai estragar. - disse ele, dando-me um beijo na testa.
( Bruna ): Mas não estou preparada para estar numa relação, isto é, se algo corre mal, nós acabamos e a nossa amizade de quase dois anos acaba, e não quero que isso aconteça. - ao dizer isto, o sorriso que se tinha formado no seu belo rosto, desapareceu.
( Liam ): Já calculava que me fosses dizer isso ...
( Bruna ): Desculpa, Liam.
( Liam ): Não faz mal. Só quero que saibas que gosto mesmo muito de ti. Eu agora vou dormir, estou cansado.
( Bruna ): À vontade. - ele deitou-se,e eu também, logo a seguir. - Também gosto muito de ti. - notei no sorriso que os seus lábios formaram.

( Zayn )

Estava a ver o filme, quando olho para o lado e vejo que a Lara já estava a dormir. Peguei-a ao colo, com algum cuidado para ela não acordar. Subi as escadas e deitei-a na cama e acabei por adormececer também.

( ... )

Quando acordei, ela ainda estava a dormir, por isso fui lá baixo preparar o pequeno almoço para nós os dois. Não fiz nada de mais, algumas panquecas. Ouvi um barlho e pensei que podia ser a minha irmã ou o Liam, mas era a Lara.

( Zayn ): Acordada? Bolas..
( Lara ): Desculpa se não sou como a Bela Adormecida.- disse ela, soltando uma gargalhada depois.
( Zayn ): Nada disso, ia-te era fazer o pequeno almoço, e depois levava-o à cama.
( Lara ): Não é preciso, Zayn!
( Zayn ): Oh ...  tens algo para fazer hoje?
( Lara ): Vou sair com os pombinhos, com o Harry e com a minha irmã.
( Zayn ): Ó, vou ficar sozinho.
( Lara ): Tens o Liam e a Bruna, e além disso podes sempre vir connosco.
( Zayn ): Vou-me já vestir!
( Lara ): Eu vou daqui a nada.

10 de abr de 2012

Imagina para a R$

Estavas  numa sessão de autógrafos, e eras uma das últimas raparigas que estava lá. O Harry foi o último a assinar o teu cd.

( Harry ): Como te chamas?
( Tu ): * Dizes o teu nome*
Ele dá-te o CD, onde estava escrito "Então... ( teu nome ) acreditas no amor à primeira vista? Manda-me uma mensagem com a tua resposta. ( número dele ) Harry Xx"
QUEM QUER O PRÓXIMO CAPÍTULO HOJE ?

9 de abr de 2012

Imagine para a Just Live

Tinhas chegado da escola, e quando chegas a casa, estava tudo apagado, mas cheiras um óptimo cheiro da cozinha. Lá  tinha muitas velas acesas. O Tom veio por trás e diz : amo-te .

Imagina para a Nokas Miranda

Estavas no skype com  o Liam e ele diz " Amo-te, e não consigo esperar por te ver".

8 de abr de 2012

Imagina para a OneDForever

Os rapazes estavam a ter um entrevista, e tu estavas no estúdio a ver essa entrevista. A entrevistadora pega numa foto do Harry com uma rapariga, e pergunta : "Quem é esta rapariga?" ao que ele responde " É a minha princesa". Tu ficas escandalizada com aquilo, porque afinal de contas eras a melhor amiga dele e gostavas dele, e ele não te tinha dito que estava numa relação com alguém. A câmara aproxima-se da foto, e reparas que a rapariga eras tu. O Harry levanta-se, vai ter contigo aos "bastidores" e beija-te.

Espero que tenhas gostado (: Meninas, quem divulgar o meu blog recebe um imagina com quem quiser :D

Ihihi *-*

Antes de mais, obrigada pelas 11082 visitas, sim ?(:
Segundo, queria pedir se podiam divulgar o meu blog ... :(, podem?
Quem divulgar, por favor, deixe um comentário, para que eu possa escrever um imagina para cada um, sim ? :)

Beijinhos*

6 de abr de 2012

3.


( Liam ): Ainda bem, pequenina.
( Zayn ): Estes só não namoram porque não querem. - disse, aproximando-se de Lara.
( Bruna ): O quê?
( Lara ): O Zayn estava a dizer-me que as pipocas estão boas.
( Liam ): Estranho ...

( Liam )
Conheço a Bruna há pouco mais de um ano. Tornámos-nos melhores amigos. A minha amizade por ela tornou-se amor, mas não me consigo declarar, porque ela podia ficar " chateada" e nem amigos ficarmos. Acho que toda a gente percebe que eu gosto dela, menos ela. É sempre assim. Não sou de complicar as coisas, mas pronto.
( Lara )
Aquele estranho momento em que a pessoa que gostamos nos pergunta se estamos apaixonados por alguém. Respondi que não, hesitanto. É demasiado óbvio que ele não gosta de mim, por isso, acho que ele nunca vai saber o que sinto por ele. Se souber, não irá ser de mim.

( Zayn )
Pronto, ela não gosta de mim. Tinha esperanças, mas desfizeram-se mal ela respondeu um simples " não ", quando lhe perguntei se ela gostava de alguém. Há que esquecer. Se estão a perguntar pelo Louis, Niall e Harry, o Louis deve estar com a Eleanor. O Niall está no seu apartamento, a fazer sabe-se lá o quê, e o Harry, segundo a Lara está com a Donna, irmã da Lara. Ele gosta muito dela, mas ela não.
( Bruna ): Preparados?
( Todos ): Sim.

( ... )
( Lara ): Já estou a perceber tudo. A Kristi tem um amigo imaginário, que é o causador dos barulhos que o Dennis ouve. Nha, cliché.
( Liam ): Estragaste tudo, Lara.
( Lara ): Também te adoro.
( Bruna ): Calem-se! Quero ver o filme.
( Zayn ): Shiu.

( Bruna )

Estava tão atenta a ver o filme, que nem dei conta que o Liam me tinha agarrado na mão. Tão fofinho.

( Liam ): Gosto muito de ti, sabias?- sussurou-me.
( Bruna ): E eu de ti.
( Liam ): Não estás a perceber. Gosto mesmo de ti, e não só como amigo.

Esta frase despertou-me a atenção.


Acho que vocês não estão a gostar desta fic :c

3 de abr de 2012

2.


( Zayn ): Não, eu dou-lhe um pijama meu.
( Lara ): Ou pode simplesmente dormir de boxers. Aposto que a Bruna não se importa. - disse, sabendo exactamente que era o que a amiga queria.
( Liam ): Está bem. Que estavam a fazer, antes de chegarmos?
( Bruna ): Sing Star, mas o Zayn ganhou.
( Lara ): Competiste com um dos cinco membros de uma banda famosa, óbviamente ias perder.
( Zayn ): Podiamos continuar a jogar!
( Liam ): Para lhes dar uma abada?
( Bruna ): Não! Mas aceito se propuserem um filme.
( Lara ): Eu faço as pipocas.
( Zayn ): E eu ajudo-te.
( Bruna ): Escolhes comigo o filme, Liam?
( Liam ): Claro!

* Cozinha *

( Zayn ): Como tens andado?
( Lara ): Bem, e tu?
( Zayn): Sim, um pouco cheio de trabalho, mas nada de mais.
( Lara ): Boa vida.
( Zayn ): Nem por isso. Estou muitas vezes longe das pessoas que gosto.
( Lara ): A Bruna e os teus pais já estão habituados. E aposto que deves conhecer raparigas muito giras quando estás em Tour e assim.
( Zayn ): Nem por isso, mas por falar em raparigas, a tua irmã?
( Lara ): A Donna deve estar com o Harry.
( Zayn ): Ele gosta bastante dela, sabes?
( Lara ): Claro que sei, mas não tenho culpa que ela não goste dele. Nem ela tem.
( Zayn ): Sim, e tu gostas de alguém?
( Lara ): Não. - respondeu, engolindo em seco.- E tu?
( Zayn ): Esquece. As pipocas já estão, vamos?
( Lara ): Claro.

* Sala *

( Bruna ): Preparem-se, porquê vamos ver Paranormal Activity 3.
( Lara ): Diz-me que isso não é de terror.
( Liam ): É, mas já ouvi dizer que não mete medo.
( Zayn ): Nós protegemos-vos.
( Bruna ): Ainda ficamos pior. - disse, juntamente com uma gargalhada.
( Liam ): Obrigado, sinceramente.
( Bruna ): Sabes que estou a gozar. - disse-lhe acareciando a sua face.

2 de abr de 2012

Imagina para a lara.

Tinhas ido a uma festa que um teu amigo criou. Reparas que um rapaz de caracóis começa a olhar bastante para ti. Sabias que o conhecias, mas não te lembravas de onde.
( Harry ): Eu sou o Harry Styles e tu é sexy.
( Tu ): Olá e obrigada, eu sou a Lara.

Isto é a história que o Harry contou no vosso casamento.
Imagina para a OneDForever

Estavas em casa do teu melhor amigo, Harry,e começaste  a ver o telemóvel dele, quando foste às mensagens, viste que tinham muitas na pasta " rascunhos" , decidiste abrir e eram todas para ti, ,mas não estavam acabadas. O Harry entra na sala, e vê o que estavas a fazer e diz :" Eu não consigo descrever o que sinto por ti, mas consigo mostrar", diz-te ele, dando-te um enorme beijo.

Espero que já estejas inspirada xD
Quem quiser imaginas, é  só pedir!

1 de abr de 2012

1.


( Narradora )
Estava uma grande animação na casa dos Malik. Zayn, o filho mais velho, cantor e desejado por mais de metade das raparigas de todo o mundo, estava agora na sua casa, brincando com a sua irmã, a Bruna, apenas um ano mais nova que ele, e fã incondencionável dos One Direction, banda do seu irmão juntamente com quatro lindos rapazes. Harry, Liam, Louis e Niall e ele tornaram-se melhores amigos há quase dois anos.
( Bruna ): Zayn, só fazes batota.
( Zayn ): Não é batota, irmã. A ideia de jogar Sing Star foi tua, ambos sabíamos que irias perder, não por ser um excelente cantor, mas porque tu desafinas mais que um boi.
( Bruna ): Ah! Nem acredito que disseste isso! Se os pais estivessem aqui, punham-te logo castigo. - disse, brincando.
( Zayn ): Eles sempre me ensinaram a dizer a verdade, por isso, não iria ser castigado, minha cara.
( Bruna ): Oh, como queiras.- Neste instante alguém tocou à campainha.- Eu vou lá, deve ser a Lara.
( Zayn ): Eu vou, não te preocupes, não quero que te canses.

Na verdade, ele nem queria saber se a irmã se cansava ou não. Ele só queria ver Lara, aquela doce rapariga por quem ele se apaixonara mesmo antes de ser famoso, mas ela não sabia. Sentiam os dois o mesmo um pelo outro, mas nenhum tinha a coragem de se assumir.

( Lara ): Olá Zayn. - disse-lhe, quando este lhe abriu a porta.- Olha quem encontrei lá fora.
( Liam ): Olá puto. - disse, cumprimentando o amigo com um gesto que eles lá tinham.
( Bruna ): Olá Lara, olá Liam.
( Lara ): Olá!
( Liam ): Olá.- disse abraçando a pequena, com quem engraçou desde que se tinham conhecido.- Como está a minha pequenina favorita?
( Bruna ): Bem, e já te disse que não sou pequena, tu é que és alto.
( Zayn ): Não vais ficar aí fora, certo? - perguntou a Lara, visto que Liam já tinha entrado.
( Lara ): Tens razão.
( ... )
( Bruna ): Mano, a Lara dorme cá, esqueci-me de te dizer.
( Zayn ): Na boa, e tu Liam ? Podias dormir cá também.
( Liam ): Se não incomodar.
( Bruna ): Claro que não incomodas, mas tens é de dormir no sofá.
( Zayn ): Ele podia dormir contigo.
( Lara ): E eu ficava com quem?
( Liam ): Com o Zayn. Porquê para mim é desconfortável dormir no sofá, e com um rapaz também.
( Lara ): Eu posso dormir no sofá.
( Zayn ): O sofá é bastante desconfortável, irias ficar mal das costas.
( Bruna ): Pronto, então ficamos assim, eu vou buscar uma roupa para ti, Liam.
Não sei se já deram conta, mas a fic já acabou, queria perguntar se queriam uma com eles ( famosos ou não ) :) Respondam, sff :)

One Shot .

Estava a ser seguida por algo ou alguém. Sentia-me desprotegida, sem ninguém para me defender.
Foi aí que sinto alguém a tapar-me a boca com uma áspera mão, tapando de seguida os meus lábios carnudos com um pouco de fita cola.

O nervosismo e o medo apoderaram-se de mim, agravando-se a situação quando uma voz masculina suja me sussurrou " Já vais saber o que é bom".
Ele empurrou-me para dentro de uma carrinha Nissan, suficientemente espaçosa para algumas pessoas.
Começou a desapertar as suas calças, dando-me conhecimento do que iria fazer.
Com a sua nojenta boa, começou a percorrer pormenorizadamente cada parte do meu corpo, até chegar um pouco abaixo do meu umbigo.
Eu esperneava-me toda, mas ele prendeu-me os tornozelos com uma forte corda. Tirou-me as calças e a roupa interior , e ia começar a introduzir ...



( ... )


- Ahh!- gritei.- Ajudem-me!
- Amor? Que se passa?- ele reparou que eu estava a transpirar e a respirar rapidamente.- Foi apenas um pesadelo, princesa, eu estou aqui.- disse, abraçando-me.

E lá estava ele, o homem da minha vida, que todos os dias me dizia um" Amo-te" a proteger-me do mal que me possa acontecer. Zayn, é ele.

25: FIm.

( Pedro ): Eu vou!- disse, depois de alguém ter tocado à campainha.
( Soraya ): Vou contigo, deve ser o Lou.
Eles os dois foram lá baixo ver quen era, deixando-me a mim sozinha com o Liam no meu quarto a ver o Zayn na televisão.

( Eu ): Tens falado com ele?
( Liam ): Desde a minha visita ao hospital, não,e tu?
( Eu ): Fui com ele à audição, e desde aí nunca mais falámos.
( Liam ): Era muito óbvio que ele ia passar, é talentoso.
( Louis ): Pode-se, aniversaiante? - disse, abrindo a porta o suficientemente para conseguir ver a sua cabeça.
( Eu ): Claro que sim! Entra! - disse levantando-me para o abraçar.
( Louis ): Parabéns, melhor amiga!
( Eu ): Obrigada, Lou! - disse abraçando-o.
( Soraya ): O Louis tem uma novidade para vocês.
( Liam ): O quê?
( Pedro ): Conta!
( Louis ): Sabes que eu agora tenho andando na fisioterapia, certo?
( Eu ): SIm , continua.
( Louis ): Pronto, apesar de só ter tido duas aulas, a doutora disse que as probabilidades de eu voltar a andar subiram para oitenta por cento.
( Eu ): O quê?! Isso é tão bom, Louis.
( Pedro ): Devias ter visto a reacção da Soraya!Aha.
( Soraya ):  Não sei qual é a piada..
( Liam ): O Zayn passou, pessoal! - informou este, estando atento à televisão.
( Eu ): Sempre foi um pé de chumbo ele!
( Louis ): Mas ele também teve de cantar, por isso..

( ... )
Dias passaram, semanas até. O Louis voltara a andar para grande contentamento da sua namorada, com quem establecia uma linda relação, e dos seus amigos. A relação do Liam e da Anaísa estava melhor que nunca. O Pedro afinal não estava apanhado por aquela rapariga, diz que não quer namoradas por agora. O Zayn, bem, esse seguira o caminho para a fama. Raramente falava com os amigos, ou melhor dizendo, nunca. Muita coisa mudou para este grupo de amigos.


Fim!