14 de abr de 2012

1. A chegada ( Parte I )


( Lara )
Era hoje. Ia para Londres, onde iria rever a Diana, uma amiga minha de há muito tempo. Ia eu e mais três amigas, a Inês, a Ilídia e a Chana. Eu vivi em Inglaterra por uns tempos, quer dizer, sou inglesa, mas os meus pais mudaram-se para Portugal, devido a uma irrecusável proposta de trabalho. Foi aqui que conheci aquelas três. A Diana, que veio passar cá as passadas férias de Natal, engraçou com elas, e ficaram muito amigas. Peguei nas minhas malas, e fui em direcção ao aeroporto. Quanto aos meus pais, eles morreram, sou orfã, vivo sozinha, já tenho idade suficiente para tal.  Lá estava a Inês, aquela magricelas de quem eu gostava imenso. Estava, obviamente, acompanhada pela Chana e pela Ilídia. Mal me viram, vieram a correr ter comigo.
( Chana ): Preparada ? Londres espera por nós.
( Ilídia ): Londres. - disse, soltando um suspiro. - Vou a Londres.
( Inês ): Vai ser mesmo lindo.
( Lara ): Pois vai meninas. - disse com um enorme sorriso. - Vão gostar imenso.
( Chanas ): Pelo menos já temos duas guias!
( Senhor ): A viagem a Londres aproxima-se. Façam de subir para o avião, que partirá dentro de dois minutos. Repito, o avião partirá dentro de novos minutos.
( Inês ): É agora, meninas.

( ... )

A viagem foi calma e rápida. Para mim, estas duas horas passaram em segundos, não me posso queixar, visto que tinha o meu Ipod para me acompanhar, para não falar das três compinchas que me acompanhavam. Ao longe avistei uma figura esbelta, média de estatura, cabelos encastanhados. Conhecia bem aquele rosto. Era o rosto amigo que sempre esteve a meu lado. Era a Diana, que mal me viu esboçou um enorme sorriso. Sorriso metálico como lhe costumava chamar.
( Lara ): Diana. - abracei-a com todas as forças. - Diana!
( Diana ): Que saudades, Lara! - disse, retribuindo o abraço. - Olá meninas. - disse, cumprimentando cada uma das restantes com dois beijos. - Chegaram bem?
( Marge ): Sim, felizmente.
( Inês ): Eu pensava que a viagem iria demorar, mas afinal não, e ainda bem.
( Diana ): E chegaram mesmo na altura certa. A minha mãe disse que um primo meu iria lá jantar com uns amigos. - informou. - Iria sentir-me mal estar ali sozinha, mas agora que vocês estão cá já não há problemas.
( Ilídia ): Ui, rapazes! Serão giros?
( Diana ): Isso não sei. Ela diz que os devo conhecer, mas não faço a mínima. Mas vamos. - disse ela pegando em algumas malas, para nos ajudar.

( ... )

Mal chegámos a sua casa, a sua mãe, veio logo ter connosco. Os pais eram divorciados e ela nunca chegou a conhecer o pai.
( Lara ): Tia. - disse, mal ela me abraçou. Devido à aproximidade que eu tinha com a Diana e também com a sua mãe, eu chamava-lhe tia. - Como está?
( Mãe ): Muito bem, querida. Olá, meninas. Sejam bem vindas. - acabou por cumprimentar as outras.
( Diana ): Mãe, nós vamos lá para cima, para elas desfazerem as malas e assim.
( Mãe ): Está bem querida, mas não te esqueças que o teu primo e os amigos vêm cá. - disse, do fundo das escadas. - Quero que não te desarranjes. E vocês também, meninas.
( Diana ): Está bem, mãe. Não te preocupes.

( ... )

A campainha soou. O primo e os amigos já deviam ter chegado. Demos os últimos retoques e descemos.

( Mãe ): Meninas, este é o primo da Diana, e estes são os seus amigos. Vocês devem saber quem são. - disse, apontando.

Quem eu menos esperava ver naquele momento, estava  ali à minha frente ...

Meninas, esta fic também é com os 1D, famosos :) Quero opiniões :)

2 comentários:

  1. Mas, kem serao?! Hmmmmmmmmmmm.....

    LOL!

    1D! Klaro!! Ahah!

    Gostei muit! Post rapid....

    <3<3<3

    ResponderExcluir
  2. Mas como é que tu ainda podes estar acordada ?! xD
    Beijo <3

    ResponderExcluir