25 de jul de 2012

We are young . - Parte 1.






Lili.

Tinha ido para a praia, visto que em minha casa, estava tudo " morto". Estava a apanhar uma grande seca, e nestas situações, a praia é sempre a única solução .. pelo menos no meu caso. Fui nadar um pouco. Vesti o bikini, meti tudo o que é preciso na mala, e parti para praia.
Estava praticamente deserta. Deviam estar cinco/seis pessoas. Despi a túnica, estendi a toalha na areia, e pus protector solar em todo o corpo. Assim que acabei, dei um grande mergulho.  Estava fresca. Era mesmo disso que precisava.
No entanto, senti uma grande dor na perna esquerda, era uma cãibra. Não a conseguia mexer, e acontece que estava um pouco longe da zona das toalhas, o que me deixou bastante preocupada. Tentei, mas não conseguia sair dali.

- Socorro! - gritei. Parece que ninguém me tinha ouvido, porque não conseguia ver ninguém a vir a meu socorro. Sentia-me a afogar.

Louis.

Estava a praticar surf quando ouvi alguém a pedir socorro, mas não conseguia perceber de onde vinha esse som, até que vi uns braços a abanar. Fui imediatamente ao ponto onde vi os braços. Provavelmente a pessoa tinha perdido o controlo, e foi parar mesmo lá baixo. Saí rapidamente da prancha, e mergulhei. Vi uma rapariga de cabelos compridos inconsiente.  Arragei-a, e nadei até à superfície. Agarrei da prancha, e nadei até à zona das toalhas. A rapariga tinha os olhos fechados. Pus dois dedos no pescoço, para ver se ainda tinha pulsação. Por sorte sim. A única solução era fazer respiração boca a boca. E foi isso mesmo que fiz. Acabou por sair imensa água da sua boca. Aos poucos e poucos, ela estava a abrir os olhos.

- Estás bem? - ela já tinha os olhos completamente abertos.

- Agora estou .. - sorriu. - Obrigada. Espera.. - ela mexeu-se, ficando sentada. -  Tu não és aquele rapaz do " So, get out, get out, get out of my head, and fall into my arms instead"? - ri-me. - És não és?

- Um deles, sim ... sou o Louis. - sorrimos. - E tu, como te chamas?

- Liliana .. - respondeu, rapidamente.

- Parece que perdeste um bocado o controlo, Liliana. - referi-me ao facto de ela quase se ter afogado.

- Nem me digas nada. Tive uma enorme cãibra. Pedi socorro, mas a praia está completamente decerta ... e tu não devias estar aqui com .. sei lá, uns guarda costas ?


- Sei que esta praia está sempre quase decerta por esta hora. Sei que é seguro. - ela assentiu a cabeça. - Vais ficar aqui mais tempo ? - admito que a beleza dela era imensa.

- Não sei. Não quero ir para casa, mas depois disto, já perdi toda a vontade de voltar para a água. - disse, cabisbaixa.

- Podias vir comigo. Daqui a nada vou comer qualquer coisa, ali ao bar .. se quiseres, o convite já está feito.

- Aww, gostava imenso, Louis.

- Então, eu só me vou vestir, e podemos ir, sim ? - ela assentiu com a cabeça. - A minha toalha está ali à frente, anda. - ela pegou nas suas coisas e veio atrás de mim.

Liliana.

Estava eternamente grata ao Louis. Salvou a minha vida e .. era mesmo muito simpático. As pessoas, quando são famosas, costumam ser rudes, mas ele não. Fui atrás dele, para depois irmos ao bar. Ele tinha aquela roupa adequada para o surf, mas mal a depius, não pude deixar de reparar nos seus abdominais completamente delineados.

- Vamos? - disse, mal se vestiu.  Assenti com a cabeça e fomos até ao bar. Pedimos o que queríamos beber e ficámos a conversar um bocado. Tínhamos imensas coisas em comum. -  Quanto é? - perguntou à empregada.

- Duas libras. - respondeu. O Louis pegou na carteira e tirou de lá umas moedas para dar à empregada. - Obrigada e volte sempre.

- Louis! - ele olhou para mim confuso. - Não era preciso pagares, eu tenho aqui dinheiro. 

- Oh, até parece que foi muito. 

- Não, mas vou pagar-te. - peguei na mala, tirando de lá a carteira. Tirei o dinheiro da bebida para lho dar.

- Liliana, não, a sério. Não quero. Já paguei e já. - respondeu com um sorriso.

- Ok, mas para a próxima pago eu ! - disse.

- Ai vai haver próxima?

- Se quiseres, só ... - senti o sangue a florar nas maçãs do meu rosto. 


- Claro que sim! - respondeu com um grande sorriso.


Espero que gostem, especialmente a Liliana. :))



3 comentários: