26 de jul de 2012

3. Ensaio.


Alice.
- Harry, acorda. – tentei fazer com que ele acordasse. – Não te esqueças que tens de me levar a mim e à Nídia ao centro comercial, se não, as pessoas levam tudo. Estamos em saldos. – ele não acordava. - E além disso tens de ir para o ensaio. Harry Edward Styles. – ele mexeu-se. – Que linda aquela rapariga .. – fingi.
- Quem? Que idade tem ? – sabia que iria chamar a sua atenção.
- Sabia que ias acordar. – ri-me. – E não me faças esse olhar, Styles. – ele estava com um olhar que dava para pensar que me ia matar. – Vá, despacha-te para me levares a mim e à Nídia ao centro comercial.
- Nem sabes o quanto te odeio neste momento. – ele acabou por levantar-se da cama e eu fiquei pasmada a olhar para ele. – Sabes perfeitamente que durmo nú, não sei porquê tanto escândalo.
- Ergh. – dei meia volta indo parar à porta dele. – Despacha-te . – fechei  a porta atrás de mim e liguei à Nídia. Passado alguns minutos, reparei que o Harry já estava pronto. Despedi-me dela dizendo que já a íamos buscar e desliguei. – Estava a ver que não.
- Não reclames. – saímos de casa e entrámos no carro. Ele parecia chateado com alguma coisa. Estava a olhar seriamente para a cara dele até que ele reparou. – E pode-se saber o porquê de estares a olhar assim para mim? – disse, voltando a olhar para a estrada.
- Hum .. há rapariga. – conhecia o meu irmão muito bem para saber que por detrás do seu  mau humor há sempre uma rapariga. – Como se chama a desta vez?
- Ahn? Rapariga? Mas tu estás louca. – coisa que o irmão faz mal é mentir. – Não há rapariga nenhuma.
- Pois. Conta-me histórias para eu fingir que acredito. – ele não respondeu. Até chegarmos à casa da Nídia, ninguém trocou mais palavras. – Nídia! – mal chegámos a casa dela, ela entrou no carro.
- Olá aos dois. – sorriu. – O Liam podia ter vindo … - ela gostava do Liam … imenso! Já toda a gente sabia disso, menos ele próprio.
- Pois, mas não veio. Terás de te contentar com os teus dois e lindos primos. – nem sei se estava a dizer aquilo ainda chateado ou normal.
- Esquece, ele hoje está assim. Rapazes …  - avisei a nossa prima.
Niall.
Estava a preparar-me para ir para o ensaio. Ainda estava meio atarantado com a ideia de viver com duas novas raparigas. Não que me importasse, mas sei lá, é estranho.
- Bom dia! – a Cat tinha acabado de chegar à cozinha. – A sério que nos preparaste o pequeno almoço? – assenti com a cabeça. – Não era preciso, Niall …
- Eu sei, mas agora quero que comas, por isso come, enquanto eu só vou lá cima buscar o telemóvel. – ela assentiu com a cabeça e eu fui rapidamente buscar o telemóvel. Quando desci, a Pati já estava lá.- Bom dia, Pati.
- Bom dia. Bom pequeno almoço, hein? – rimo-nos.
- Haha, obrigado! Eu tenho mesmo de ir, tenho ensaios .
- Ensaio ? – interviu a Cat. – Para quê? – espera .. elas não sabiam.
- Eh .. para a banda .. One Direction? – as caras dela estavam hilariantes.
- Espera, tu és daquela banda que canta “ Baby you light up my world like nobody else” ? – perguntou a Pati. – eu assenti com a cabeça, sorrindo. – Pois, é uma porcaria essa música.
- Patrícia! – acho que a Cat não gostou do que ela disse. – Desculpa Niall, ela não sabe o que diz.
- Dizem para expressar a minha opinião  e depois é isto. Qual é a da sociedade?! – eu e a Cat ficámos a olhar para ela, sem sabermos o que dizer.
- Pois .. eu tenho mesmo de ir. – disse. – Até logo, meninas.
Zayn.
Mais uma vez tinha chegado atrasado aos ensaios. Já estava preparado para ouvir o sermão dos rapazes. Era sempre o mesmo.
- Ok, eu sei que cheguei atrasado. Desculpem! – disse, mal cheguei.
- Nós até podíamos reclamar, mas o Niall também ainda não chegou. – disse o Louis, deixando-me mais aliviado.
- Deve estar a divertir-se com as novas amigas. – interviu o Harry, deixando-nos à nora.

- Amigas? Que amigas? – perguntou o Liam. Estava tão confuso como eu e o Louis. O Harry nem respondeu, apenas se riu.
- Desculpem pessoal, mas aposto que o Zayn também ainda não chegou – ele ainda não me tinha visto. – ou já..
- Que te aconteceu? – o Louis estava deveras curioso.
- Nada de mais, estive a fazer o pequeno almoço para as raparigas e depois perdi os táxis. – continuávamos confusos.
- Mas que raparigas?! – o Liam estava a  meter-me piada, haha.
- Ah, vocês ainda não sabem .. acontece que tenho duas novas hóspedes, porque a imobiliária, devido a um engano, pôs a minha casa a alugar.  Essas duas raparigas acabaram por parar em minha casa. Mal soube que foi um engano, decidi deixá-las ficar lá, para não terem mais trabalho. Elas nem são de cá.
- Tens de aproveitar, puto. – disse eu.
- Uma delas é que atina mesmo muito bem com o nosso Harry. – ironia. Ficámos a olhar para o Harry.
- É que nem me fales nela. – este respondeu rapidamente. – Vamos mas é ensaiar.
- Espero que saibas que não te vais livrar das perguntas depois. – finalizou o Louis.


PEÇO DESCULPA POR NÃ ESTAR " EDITADO", MAS TENHO MESMO DE SAIR! BEIJOOOS*

2 comentários: